A semana na Câmara: Transporte, saúde e abastecimento de água em pauta



Esta semana o principal trabalho do Legislativo macaense foi à aprovaç&atild

Esta semana o principal trabalho do Legislativo macaense foi à aprovação do projeto de revisão da Lei ôrgânica do Município. E dentro da pauta de debates nas sessões da casa, outros temas foram levantados e propostos pelos legisladores. Entre eles, o reajuste salarial dos funcionários da prefeitura, a Macprev, os repasses dos royalties ao município, o transporte municipal, a segurança dos alunos da rede de ensino e a falta do abastecimento da àgua nos bairros de Nova Holanda e Nova Brasília.

O vereador Pedro Reis (PSBD) defendeu o reajuste salarial dos servidores municipais em seu pronunciamento. De acordo com o parlamentar, a prefeitura de Macaé pode e deve estar em comum acordo com o sisndicato para que esse o repasse seja feito de forma correta e justa. “São os servidores municipais que realizam o trabalho que impulsiona o trabalho municipal. Nada mais justo repassarmos a estes um valor de reajuste coerente”, explicou.

A questão do transporte Municipal e o Decreto de Lei que interveio no transporte coletivo na serra foram debatidos pelos vereadores Paulo Paes (PSDB) e Maxwell Vaz (PT). O primeiro cobrou do Executivo e ao líder da bancada do governo (Paulo Antunes, PMDBB) informações quanto à possibilidade do aumento da passagem na serra, mediante a mudança do serviço de conseção de outra empresa nessas linhas. Paulo Antunes negou a informação acrescentado ainda que o valor da passagem não será alterado e que a fixação do valor em R$1,70 é um compromisso do prefeito com os moradores serranos. Para ele as informações são meros boatos. 

Já o vereador Maxwell Vaz soliciotou aos companheiros da Casa que reivindique ao Executivo interveção nas linhas urbanas do município, uma vez que a insatisfação dos moradores quanto à qualidade do serviço oferecido continua. Maxwell cobrou também uma ação de emergência nos bairros de Nova Holanda e Nova Brasília.

Segundo relatou, a situação nesses bairros oferece risco de vida aos moradores, atingindo ainda níveis preocupantes entre os dois bairros. Ele se referiu as ligações clandestinas de água que estão ocorrendo, uma vez que não há abastecimento de água no local. Ele pediu que a secretaria de Defesa Civil atuasse e no local com caminhões pipas.

As sessões da Câmara Municipal acontecem ás quartas e quintas-feiras, sempre ás 10 horas. Elas são abertas á comunidade e tem como objetivo apresentar a população o trabalho fiscalizador dos Legisladores macaenses.

Deixe uma resposta