Aprovação do Dia Municipal da Antipichação gera debate na Câmara



Projeto de Lei foi aprovado por unanimidade

O Projeto de Lei que cria o Dia Municipal Antipichação, aprovado nesta quarta-feira (13), na Câmara de Macaé, provocou debates sobre arte de rua, vandalismo, violência e exclusão social. “É uma iniciativa a favor da estética da cidade. Diferentemente do grafite, que é uma arte urbana, a pichação depreda o patrimônio público e privado”, argumentou Welberth Rezende (PPS), autor da proposta.

 

Segundo ele, a ideia é promover um dia de reflexão sobre o mal que a pichação faz à cidade, além de inciativas de limpeza, envolvendo os órgãos públicos. Marcel Silvano (PT) disse que apoia o projeto mas ressalvou que não se pode adotar a “criminalização” como abordagem para a pichação. “Até hoje está impune o assassino do jovem Yuri, alvejado nas costas quando saía de um imóvel abandonado que havia grafitado”, afirmou.

 

“Não vejo relação entre a pichação com a ação do governo. Só quem reforma uma casa e a vê, depois, toda pichada, é que sente o prejuízo”, disse o líder do governo, Júlio César de Barros (PMDB), o Julinho do Aeroporto. Ele referiu-se a uma crítica de Marcel. O petista havia dito que o governo não proporciona políticas culturais para os jovens. A comemoração do Dia Mundial Antipichação foi definida para o primeiro sábado de julho.

 

Na mesma sessão, foi aprovado outro projeto de Welberth, criando o Dia Municipal da Paz, para promover eventos esportivos e religiosos, entre outros, com o objetivo de estimular as pessoas a “valorizarem e refletirem” sobre o tema. A comemoração será sempre no dia 8 de dezembro. Segundo Welberth, nessa data, o papa Paulo VI (1897-1978) instituiu o Dia Mundial da Paz, comemorado em 1º de janeiro.

 

 

 

Jornalista: Marcello Riella Benites.

Deixe uma resposta

Libras
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Macaé pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support