Aprovado projeto para criação de salão de beleza popular

Foto:Ivana Gravina

O vereador Paulo Antunes propôs a criação do Salão de Beleza Popular Social, com atendimento gratuito.

Foi aprovado na sessão desta quarta-feira (8), na Câmara Municipal de Macaé, o Projeto de Lei (PL) 028/2018, que cria o Salão de Beleza Popular Social com atendimento gratuito. A autoria é de Paulo Antunes (MDB).

“É um projeto de grande alcance, sobretudo na retomada de contratações da Petrobras e outras empresas off-shore. Os desempregados precisam apresentar boa aparência em entrevistas para tentar uma vaga no mercado”, justificou o autor. Segundo Antunes, os serviços serão restritos ao necessário para uma melhor apresentação dos candidatos a empregos.

Ele também esclareceu que, a fim de evitar despesas para o município, o que geraria impedimento por inconstitucionalidade à proposição, os funcionários do salão seriam professores e alunos do Centro de Educação Tecnológica e Profissional (Cetep), da Secretaria de Educação.

Maxwell Vaz (SD) comprometeu-se a votar favoravelmente, mas advertiu que o PL também poderia ser vetado pelo Executivo por gerar atribuições para a administração municipal. “Peço ao vereador, caso o prefeito vete o projeto, o compromisso de derrubar o veto”. Paulo Antunes concordou.

O parlamentar do Solidariedade ainda lembrou que, ao requisitar alunos do Cetep, o salão dará possibilidade de estágio aos aprendizes. Valdemir da Silva Souza (PHS), o Val Barbeiro, também discursou em apoio. “Eu sei bem dessa necessidade. Na minha barbearia muitas vezes ‘pendurei’ cortes de cabelo para pessoas sem emprego que iam tentar conseguir uma vaga”.

A votação foi a primeira feita por meio do sistema de painel eletrônico. Houve, também pela primeira vez, o registro da presença dos vereadores pelo sistema. O painel começou a funcionar na terça-feira (7), porém, apenas com o registro do tempo dos discursos dos parlamentares no Grande Expediente.

O PL 028/2018 segue agora para avaliação do prefeito e entrará em vigor se for sancionado. Caso seja vetado, voltará à Câmara para aprovação ou derrubada do veto.

Jornalista: Marcello Riella Benites

Deixe uma resposta

Libras
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Macaé pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support