Audiências marcam o ano



O ano de 2007 da Câmara Municipal de Macaé foi marcado por diversas audi&ecir

O ano de 2007 da Câmara Municipal de Macaé foi marcado por diversas audiências públicas. Graças a elas, os parlamentares estiveram mais próximos da população do município, entendendo melhor os seus anseios e tornando as vontades do povo um exercício do Legislativo.

Em 2007, o ano terminou com duas importantes audiências em plenário: as audiências públicas do Orçamento Municipal de 2008. “este ano foi um ano de muita produtividade para a Câmara. Vivemos uma série de audiências públicas e percebemos um trabalho intenso das comissões; inclusive das comissões que se formaram para solucionar questões específicas, como a Comissão de Combate à Falta de Água – da qual Luiz Fernando é presidente – que chegou ao presidente da Cedae, em dezembro”, relatou o vereador e vice-líder do governo na Câmara, Luiz Fernando Pessanha (PMDB).

Outra audiência marcante foi a Audiência Pública do Sana. Durante esta, que foi convocada pelo primeiro-secretário, Maxwell Vaz (PT), a população daquele distrito disse “sim” ao asfalto; acabando com o mito de que os moradores daquela região eram contrários às obras de melhoria do acesso ao distrito. Os moradores frizaram, inclusive, que o asfalto ajudará em casos onde é preciso chegar com urgência ao hospital da Serra.

Pode-se destacar também a Segunda Audiência Pública da Pesca, organizada pela vereadora, Marilena Garcia (PT), que contou com intensa participação da sociedade civil organizada. “As audiências públicas são uma conquista. Sinto-me muito feliz por ver a realização de tantas e me orgulho de ter sido a pioneira na idéia de se convocar audiências da Casa, com a Primeira Audiência Pública da Pesca, na ocasião”, afirmou Marilena.

Durante a Segunda Audiência da Pesca foi feito um importante anúncio pelo secretário estadual de Agricultura, Abastecimento, Pesca e Desenvolvimento do Interior, Christino Áureo: a criação de uma unidade da Fiperj (Fundação Instituto de Pesca do Estado do Rio de Janeiro), em Macaé. De acordo com Marilena Garcia, aquele foi um momento que representou a luta de toda uma categoria.

Para 2008, é possível a realização de outra audiência que não aconteceu em 2007, a da Educação,  com a expectativa de presença de representantes do MEC para debater a emancipação da Uned/Macaé do Cefet/Campos.

Deixe uma resposta

Libras
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Macaé pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support