Beltrame participa de posse do Conselho de Segurança na Câmara.



Secretário de Segurança anuncia aumento de efetivo da PM
   <!--more-->   <div>    O secretário de Estado de Segurança José Mariano Beltrame afirmou que, até o final do ano, “o problema do efetivo da Polícia Militar estará resolvido” no 32º Batalhão da Polícia Militar (BPM). A declaração ocorreu durante a posse do novo Conselho Comunitário de Segurança Pública do município na tarde desta quarta-feira (23), na Câmara de Macaé. O evento contou com a participação da cúpula das polícias Militar e Civil do Rio de Janeiro. Maxwell Vaz (SD), Chico Machado (PDT) e Igor Sardinha (PRB) representaram o Legislativo e o secretário municipal de Ordem Pública, André Luiz Ramos Monteiro, o Executivo.</div> <div>  &nbsp;</div> <div>  Beltrame elogiou o fato de ter sido executado – &nbsp;e o auditório saber cantar – &nbsp;o hino de Macaé. “Não conheço uma pessoa do Rio de Janeiro que conheça o hino da cidade e acredito que isso é algo que conta numa missão como essa que é garantir a segurança pública de um município”. Ele disse que há 1,3 mil policiais militares que devem passar a integrar batalhões e UPPs neste ano, e que o critério será o de “mancha criminal”.</div> <div>     &nbsp;</div> <div>  “As áreas onde houver maior criminalidade receberão maior efetivo. Por isso, abriremos também a Delegacia de Homicídios em Macaé, pois sabemos que terá um grande impacto em toda a região”. Ele respondeu também que está tomando providências para que PMs de Macaé atuantes nas UPPs voltem para o município, solicitação feita por Maxwell. “Reiteramos o nosso pedido pelo retorno desses policiais. E daremos todo o apoio para que o 32º Batalhão e a Delegacia tenham condições de cumprir com sua missão”, sustentou o vereador.</div> <div>   &nbsp;</div> <div>  A posse foi concluída com o discurso do novo presidente do Conselho, Patrick Moraes de Oliveira Conceição, de apenas 19 anos. &nbsp;Ele mencionou o artigo 144 da Constituição que apresenta a segurança pública como “direito e responsabilidade de todos”. Disse que sua gestão vai procurar atuar na prevenção, baseada em três pontos: boas ideias, planejamento e ação. &nbsp;Acrescentou que, além do aumento do efetivo da PM, será preciso buscar tecnologia para dar suporte às ações de segurança. “Estaremos aqui para trabalhar, mas também para discutir e cobrar”, concluiu.</div> <div>  &nbsp;</div> <div>  Além de Patrick, o conselho tem como membros efetivos: Marcelino Godinho de Souza (vice-presidente), Leandro Júnior Lima da Silva (1º secretário), Vagner Britos Bernardo (2º secretário) e Paulo Humberto Moreira da Silva (diretor social e de assuntos comunitários). Os membros natos são: o comandante do 32º BPM, tenente-coronel Marco Aurélio Vollmer, e o delegado da 123ª DP: Filipi Poeys Lima. O site da entidade é www.ccspmacae.com.br.</div> <div>   &nbsp;</div> <div>  &nbsp;</div> <div>  &nbsp;</div> <div>  Jornalista: Marcello Riella Benites</div>

Deixe uma resposta