Câmara defende criação do “Terminal do Livro”



Proposta foi aprovada por unanimidade

 

Recentes pesquisas mostraram que o brasileiro está lendo cada vez menos. Os dados motivaram a Câmara de Macaé a aprovar o Requerimento 686/2015, que pede a implantação do projeto “Terminal do Livro”, iniciativa que prevê a instalação de bibliotecas gratuitas nos terminais de ônibus da cidade. A matéria foi aprovada por unanimidade e é de autoria do vereador Welberth Rezende (PPS).

 

Pela proposta, que será encaminhada ao Executivo, é prevista a realização de campanhas para arrecadação de livros, como uma das formas de aquisição de materiais. Após, cada terminal de ônibus passará a ter sua própria biblioteca, disponibilizando livros aos passageiros que, após leitura, devolveriam para dar oportunidade aos outros cidadãos.

 

“Nossa proposta é para incentivar o hábito da leitura, fundamental para o desenvolvimento intelectual e crítico. Na Europa, por exemplo, a média de livros lidos por ano é mais do que o dobro no Brasil. Com bibliotecas nos terminais, poderemos ter, na prática, uma grande ferramenta para o conhecimento”, defendeu Welberth.

 

 

Jornalista: Júnior Barbosa

Deixe uma resposta