Câmara em Ação e audiência pública movimentam Legislativo



O projeto Câmara em Ação iniciará hoje, às 10h, as suas

O projeto Câmara em Ação iniciará hoje, às 10h, as suas atividades neste biênio legislativo. A comitiva parlamentar partirá da Câmara em visitação a três estações de tratamento de esgoto, inicialmente: a do bairro Parque Aeroporto, da Vila Badejo e de Engenho da Praia. No plenário, às 14h, haverá uma reunião para definir a implantação de um sistema de informação para a Câmara e, às 18h, uma audiência pública sobre o uso sustentável do Arquipélago de Santana. Na sessão de ontem, Maxwell Vaz (PT) e Luiz Fernando Pessanha (sem partido) explanaram sobre algumas de suas proposições.

Foi aprovado ontem o requerimento de Maxwell Vaz sobre a promoção de uma audiência pública, no dia 3 de maio, objetivando um amplo debate sobre os direitos e a saúde dos trabalhadores, servidores e celetistas de Macaé. A audiência, também comemorativa do Dia do Trabalhador, 1º de maio, terá como temas prioritários: a saúde e segurança. Segundo Vaz, a intenção é convocar sindicatos e trabalhadores para discutirem os requisitos básicos contidos na CLT e portarias do Ministério do Trabalho, que dão garantias à vida e contra a lesão da saúde dos trabalhadores. “É inadmissível em um município como Macaé, capital nacional do petróleo, encontrar pelas ruas caminhões transportando trabalhadores junto com ferramentas de trabalho”, disse e criticou a falta de sinalização e do conjunto de equipamentos de proteção individual para as pessoas que trabalham na rua. Ele destacou que a autarquia municipal, Macaé Transito e Transporte-Mactran, deveria atuar nesses casos. 

Também foi aprovada, com destaque, a indicação de Luiz Fernando para que o Executivo crie parceria entre poder público e iniciativa privada para a construção de um edifício-garagem.
Ele sugeriu que a Prefeitura entrasse com o terreno e a iniciativa privada com a construção ou a transformação do prédio da Fundação Educacional de Macaé-Funemac em edifício-garagem, que, de acordo com o vereador, viria a atender as ruas Teixeira de Gouveia e Visconde de Quissamã, no Centro da Cidade. “Macaé tem um movimento de 70 mil veículos por dia, segundo a Mactran, e cerca de apenas 400 vagas”, disse o vereador. Maxwell Vaz sugeriu que um estudo técnico para avaliar o local mais apropriado, fora do entorno das ruas principais, fosse feito, considerando que estacionamentos são geradores de tráfego.

O vereador petista também comentou outros de seus requerimentos aprovados, como o de pedido de justificativa da Companhia Estadual de Água e Esgoto-Cedae para a falta d’água em escolas públicas e de informações sobre uma empresa paulista contratada pela Prefeitura para preparo da merenda escolar. O vereador solicitou informações sobre o contrato e cópias do alvará e de certidões negativas da firma, sobre a qual recaem reclamações por parte das merendeiras de que não houve pagamento de salário de janeiro e fevereiro, além de serem descontados os dias de ponto facultativo.

Deixe uma resposta

Libras
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Macaé pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support