Câmara fará nova convocação para posse de suplente



Carlos Emir Jr (PDT) alegou motivos pessoais e profissionais para não assumir mandato

Por motivos de saúde, o vereador Nilton César Moreira (Pros), o Cesinha, se afastou do cargo por 120 dias. Assim, a Câmara de Macaé convocou seu suplente imediato, Carlos Emir Mussi Júnior (PDT). A posse aconteceu na manhã desta segunda-feira (28), mas, priorizando questões pessoais e profissionais, o parlamentar não exercerá o cargo neste momento. O Legislativo convocará o segundo suplente nos próximos dias.

 

Na legislatura passada, Carlos Emir Júnior exerceu cargo de vereador por três anos e três meses, substituindo o atual presidente, Eduardo Cardoso (PPS), que ocupava o cargo de secretário de Saúde. “Em nenhum momento me arrependi de ter ficado ausente da Câmara, pois estava bem representado. Além de ser um excelente médico, sua atuação parlamentar enriqueceu esta Casa. Respeito a decisão, mas perderemos um grande vereador”, disse o chefe do Legislativo.

 

Cardiologista, Carlos Emir também atua no Hospital São João Batista auxiliando na formação de residentes do curso de medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que possui pólo na Cidade Universitária.  Assim que foi empossado, protocolou o pedido de licença.

 

“Fui surpreendido com a convocação e, neste momento, não seria possível conciliar meus compromissos particulares com o cargo de vereador. Estou à frente de projetos importantes e não dá para desempenhar as duas funções em plenitude”, declarou.

 

A Câmara, por meio de ato oficial, convocará o segundo suplente, Jorge Luis de Almeida, mais conhecido como Teco Comunidade. Ele disputou as eleições de 2014 pelo PSL.

 

Jornalista: Júnior Barbosa

Deixe uma resposta