Câmara recebe denúncias sobre o PSF do Aterrado do Imburo



Requerimento, apresentado por Maxwell Vaz (SD), solicitará informações a respeito do PSF

Os moradores do Aterrado do Imburo denunciaram a precariedade nos atendimentos do Programa de Saúde da Família (PSF) do Aterrado do Imburo. De acordo com as informações recebidas, faltam médicos e materiais básicos para atendimento. Para obter uma resposta da Secretaria de Saúde, o vereador Maxwell Vaz (SD) apresentou o Requerimento 722/2015. A matéria foi aprovada, por unanimidade, na sessão da Câmara de Macaé desta terça-feira (22).

 

“É lamentável que casos como esse continuem acontecendo. Vamos aguardar posicionamento do governo. A saúde é prioridade e temos relatos de que está faltando quase tudo, desde a luva até o copo plástico”, afirmou Maxwell.

 

Amaro Luiz (PRB) criticou a situação e também disse aguardar uma resposta da prefeitura. Como presidente da Comissão de Saúde, Welberth Rezende (PPS) se comprometeu a acompanhar o caso de perto. “Ao que parece, a questão do médico já foi resolvida, mas buscarei as informações necessárias”, acrescentou.

 

O presidente Eduardo Cardoso (PPS) ainda falou sobre as dificuldades enfrentadas pela saúde local. “Diversos profissionais estão pedindo desligamento por morarem em outras cidades e não ser mais tão atrativo atuar em Macaé. É preciso valorizar o servidor, senão o cenário vai piorar”, alertou.

 

 

 

Jornalista: Júnior Barbosa

Deixe uma resposta

Libras
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Macaé pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support