Câmara reivindica Cefet em Macaé



No intuito de reivindicar qualificação tecnológica aos jovens macaens

No intuito de reivindicar qualificação tecnológica aos jovens macaenses, uma comissão da Câmara Municipal, integrada por Jorge de Jesus (PRB) e Marilena Garcia (PT), foi a Brasília, na semana passada, apresentar a proposta da implementação de uma sede do Centro Federal de Educação Tecnológica –Cefet, no município. Os vereadores, que estiveram reunidos com o senador Marcelo Crivella (PRB) e os deputados federais, Jorge Bittar (PT) e Eduardo Lopes (PSB), retornarão, em breve, ao Distrito Federal, para uma audiência com o ministro da Educação, Fernando Haddad. O prefeito Riverton Mussi (*PMDB) confirmou sua presença na comitiva do Legislativo e de alunos da Unidade de Ensino Descentralizado de Macaé-Uned.

Para o vereador Jorge de Jesus (PRB) falta autonomia à Uned-Macaé, por estar vinculada a Cefet de Campos. Ele considera prioridade para o município a criação de novos cursos técnicos que possibilitem a qualificação de jovens de Macaé e sua inserção do mercado de trabalho municipal. O vereador ressalta que as empresas contratadas pela Petrobrás buscam mão-de-obra especializada fora do município, enquanto que a falta de oportunidades à juventude local contribuiu para que Macaé estivesse na quinta posição no ranking nacional de violência entre jovens. “Os jovens são excluídos das oportunidades que o município oferece”, ressaltou o vereador.

Durante a reunião, Crivella tentou entrar em contato com o Haddad, que estava em um compromisso. Mesmo assim, o senador se comprometeu a colaborar com a marcação da audiência com o ministro e integrar a comitiva macaense. “Essa comitiva mista irá fortalecer nossa reivindicação”, considera o vereador. Além disso, o deputado petista, Jorge Bittar, se propôs a formar um grupo de trabalho com sua equipe para tratar dessa questão, que também está sendo apoiada por Eduardo Lopes.

Os representantes da Câmara participaram, ainda, da posse de Mangabeira (PRB), dia 19, na Secretaria de Assuntos de Longo Prazo, que tem status de ministério. Jorge de Jesus está bastante otimista e afirmou: “Não vai ficar apenas no papel”. Ele avalia que, a entrada do PT no Governo municipal, somada ao apoio do PRB, irá facilitar quaisquer negociações com o Governo de Lula (PT) e de seu vice, José Alencar (PRB).

Deixe uma resposta