Câmaras Itinerantes aumentam procura por Ouvidoria



 <span style="font-size:14px;">Objetivo do legislativo macaense é aproximar ainda mais a população da Câmara</span>

<span style="font-size:14px;">A realização de Câmaras Itinerantes (CI), desde maio deste ano, fez crescer as demandas pela Ouvidoria da Câmara Municipal de Macaé. A informação é da ouvidora da Casa, Elba Lucienne Sanchez. “Com a presença dos vereadores nas sessões realizadas nos bairros, o serviço ficou mais conhecido e as pessoas começaram a procurar mais”, afirma. Segundo Elba, a média atual é de 15 demandas por semana, entre reclamações, sugestões e reivindicações.</span>

 &nbsp;

As pessoas podem procurar o órgão para queixas relativas ao funcionamento da Câmara, e servidores do Legislativo podem abordar problemas internos. “O ideal é que haja identificação nas queixas apresentadas. Assim, temos mais respaldo para encaminhá-las. Mas há também a possibilidade de sigilo, que será rigorosamente respeitado”, diz a ouvidora. Bacharel em direito, Elba é formada pelo Curso Oficial de Ouvidoria/Ombudsman da Associação Brasileira de Ouvidores (ABO/RJ), e é associada à entidade. “Nosso objetivo é trabalhar com discrição, transparência e imparcialidade”, diz ela.

&nbsp;

“A Ouvidoria é um instrumento de transparência e valorização do cidadão, que a Câmara oferece à sociedade. Ele pode apresentar suas denúncias com a garantia de que serão seriamente estudadas”, afirma o presidente do Legislativo, Eduardo Cardoso.

 

A Ouvidoria da Câmara Municipal de Macaé resulta da Resolução 1917/2013, promulgada pelo presidente, após deliberação do plenário, como “meio de interlocução com a sociedade” e um “canal aberto para o recebimento de reclamações, sugestões, críticas, elogios e quaisquer outros encaminhamentos relacionados às suas atribuições e competências”.

 &nbsp;

Além do telefone 2772-7262, outras formas de contato com o serviço são o e-mail ouvidoria@cmmacae.rj.gov.br e o link “Ouvidoria”. Já está em fase de contratação um serviço de atendimento gratuito, via 0800.

&nbsp;

Jornalista: Marcello Riella Benites

Deixe uma resposta