Criação de Ong é anunciada no grande expediente e instituto ganha título de Utilidade Pública

A Ong Unamama – União Macaense no Combate ao Câncer de Mama – é

A Ong Unamama – União Macaense no Combate ao Câncer de Mama – é uma Organização não-governamental de Macaé, e sem fins lucrativos, que será lançada no próximo dia 20 de setembro, às 20h, no Solar dos Melos, no Centro de Macaé. A criação da organização foi anunciada publicamente durante o grande expediente da sessão ordinária da última quinta, dia 23, no plenário da Câmara Municipal de Macaé. A organização conta com o apoio da vereadora Marilena Garcia (PT), que divulgou em sessão o lançamento da entidade.

A Câmara Municipal de Macaé, através de seus vereadores, apoiou a iniciativa do surgimento de uma organização que pretende elevar a qualidade de vida das mulheres do município, através de informação, orientação e estímulo para que haja o diagnóstico precoce e, portanto, tratável da doença.

O instituto Turim Cumim, de Macaé, também passou a ser considerado de Utilidade Pública, a partir de um requerimento de autoria do vereador e presidente da Câmara, Eduardo Cardoso (PPS). A solicitação foi atendida pelo chefe do poder Executivo, o prefeito Riverton Mussi, e entrou na ordem do dia, na última semana, durante a sessão de quarta, dia 22.

Sobre a nova Ong macaense:

Há seis meses os representantes da Unamama se reúnem periodicamente para definir os planos de trabalho. A sede da organização funcionará, a princípio, dentro do espaço onde, atualmente, funciona a Conselho Municipal dos Direitos da Mulher  – Comdim – na Rua Governador Roberto Silveira, 226 – Centro em  Macaé. “Organizamos a ata, a documentação, a papelada burocrática, definimos o nome e já temos tudo registrado ‘bonitinho’. O local ainda é provisório, mas já estamos procurando um local para alugar, para termos sede e telefone próprio”, informou a presidente da Ong, Vilma Martins. A Ong Unamama é formada pela equipe que tem Vilma Martins, como presidente e Lecy Leal Navega Lima como vice-presidente; a secretária é Joselene Maria da Silva Perusi; a tesoureira, Sandra Márcia Ferreira da Silva; e as suplentes são Kátia Martins de Oliveira, Adeir Gomes Nunes e Jailda Pires Pacheco. A presidente, Vilma Martins adianta que de início a Unamama começará com a realização de palestras para o público e apresentações sobre prevenção e informação a respeito do câncer de mama. Os voluntários são bem-vindos na Ong. Eles serão capacitados para compor uma equipe multidisciplinar que trabalhará em combate ao câncer de mama no município de Macaé, visando a diminuição da evolução da doença e tentando reduzir o índice de agravantes, traumas e cirurgias, através da prevenção feita pelo diagnótico precoce. A Unama desenvolverá trabalhos para diagnosticar precocemente o câncer de mama. A Unamama é uma organização não-governamental de Macaé, formada por ex-pacientes de câncer de mama, que lutam pelos direitos das pacientes buscando apóia-las; além de capacitar voluntários interessados em trabalhar em prol desta causa.  Após a apresentação da diretoria e da organização, no Solar dos Mellos, no dia 20, quinta-feira, a Ong Unamama passa a funcionar logo na semana seguinte, no endereço provisório.

Deixe uma resposta