George Jardim revela expectativas



O vice-presidente da Câmara, George Jardim (PMDB), falou sobre objetivos e expectati

O vice-presidente da Câmara, George Jardim (PMDB), falou sobre objetivos e expectativas em 2008. De acordo com o vereador, conhecido pelo slogan "O Leão da Serra", o ano será de "embates mais acirrados e discussões mais elevadas". O parlamentar não acredita que a oposição será capaz de atrapalhar na aprovação de projetos futuros.

Na sessão ordinária do último dia 5, dois vereadores da bancada de oposição , PSDB, impediram a aprovação do projeto de Lei do Executivo que criaria uma Secretaria Executiva de Prevenção à Dependência Química. Na próxima semana, está em pauta a votação de outro projeto semelhante, mas que visa criar uma secretaria para atender as necessidades dos portadores de deficiência. George acha que não haverá dificuldade desta vez.

"Creio que eles (da oposição) também vão querer colaborar com uma secretaria executiva para portadores de deficiência", declarou. E revelou: "eu sou favorável à criação desta secretaria".

Para George, o grande desafio da bancada do PMDB e aliados é reeleger o prefeito, Riverton Mussi (PMDB). "Mas o desafio diário é o de conseguir o apoio do maior número de pessoas e de parlamentares no plenário", avaliou.

Quanto às suas metas particulares, George afirma que em 2008 espera a resposta de um requerimento enviado em meados de 2007 para o governador do estado, em que solicita o asfaltamento da RJ-162, no trecho que liga Bicuda à Glicério: "além da construção de uma ciclovia ligando Córrego do Ouro à Glicério", afirmou.

O vice-presidente aproveitou para cobrar atitudes da parte do secretário estadual de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento, Christino Áureo: "ele se diz macaense mas não vejo nenhuma iniciativa. A população aguarda ansiosamente uma ação na área rural", disse.

"Eu peço maior empenho do secretário Christino Áureo para com as estradas, de forma que os produtores rurais possam escoar sem dificuldades os produtos", finalizou George.

Deixe uma resposta