Iluminação precária prejudica segurança na Avenida Fábio Franco



 <span style="font-family: arial, helvetica, sans-serif; font-size: 14px; text-align: justify;">A indicação pela manutenção 'urgente’ da iluminação pública na Avenida Fábio Franco foi do vereador Chico Machado.</span>

O tema segurança foi debatido em dois momentos na sessão ordinária desta terça-feira (13), na Câmara Municipal de Macaé. Primeiramente, o vereador Nilton César (PROS), o Cesinha, solicitou ao 32º Batalhão de Polícia Militar dados sobre a criminalidade no município. Já Chico Machado teve aprovada, por unanimidade dos presentes, uma indicação para manutenção ‘urgente’ da iluminação pública na Avenida Fábio Franco.
 

Segundo ele, trechos às escuras oferecem perigo à segurança da população. “Estou propondo a manutenção da rede de iluminação pública na Avenida Fábio Franco, mas o problema ocorre em vários bairros da cidade”, afirmou. Igor Sardinha (PRB) endossou o requerimento de Chico: “A iluminação pública tem relação direta com a segurança. Nossa cidade está às escuras”, disse. Também Maxwell Vaz (SD) apoiou a proposição: “Meliantes agem na sombra da noite.”
 

De acordo com Maxwell, um caminho para melhorar a iluminação no município é a utilização de lâmpadas de LED, que, embora mais caras, são mais econômicas. Ele lembrou que, em estudo realizado para a troca de iluminação da Câmara, ficou constatado que em um mês a iluminação com LED “se paga”, ou seja, a economia realizada cobre o investimento feito. O vereador enfatizou ainda a necessidade de evitar o desperdício, e criticou o fato de os refletores do Ginásio Poliesportivo ficarem, por vezes, o dia inteiro ligados. “Além do gasto enorme e desnecessário de energia, isso diminui a vida útil das lâmpadas”, afirmou.
 

Jornalista: Marcello Riella Benites

Deixe uma resposta