Subvenções para instituições filantrópicas são aprovadas na Câmara

A Câmara Municipal de Macaé aprovou, na sessão desta terça-feira (27), seis projetos de lei para a retomada de convênio com seis instituições filantrópicas na cidade. São elas: Recanto dos Idosos, Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), Associação Pestalozzi, Núcleo de Dança Portadores da Alegria, Associação Macaense de Apoio aos Cegos (Amac) e Liga Beneficente São João Batista. Após a sanção dos PLs 14, 15, 16, 17, 18 e 19 de 2017 pelo Executivo, as instituições poderão voltar a receber a subvenção para a manutenção das suas atividades.

Segundo Welberth Rezende (PPS), o processo para a subvenção geralmente acontece por chamamento público, com ampla concorrência. No entanto, nesse caso foi direcionado às seis instituições beneficiadas.

O parlamentar explicou que a lei prevê essa possibilidade quando a natureza da atividade desenvolvida pela organização não governamental for única na cidade ou quando não houver outra instituição filantrópica capaz de atender à demanda no município. “A Câmara teve um papel importante ao apresentar esses dois critérios e garantir as subvenções para tais entidades”, esclareceu.

O presidente do Legislativo, Eduardo Cardoso (PPS), frisou que as seis organizações desempenham um trabalho notório em Macaé e são absolutamente idôneas. “Por isso, é importantíssimo que passem a receber o que lhes é de direito”.

Marcel Silvano (PT) também destacou o esforço da Câmara em votar esses projetos antes do recesso parlamentar, que se estende de 1 a 30 de julho.

Outro vereador que enfatizou o papel do Legislativo na aprovação das subvenções foi Maxwell Vaz (SD). Ele informou que os projetos do Executivo chegaram sem instrução, sem o valor conveniado e sem o impacto financeiro.

“Também não podemos esquecer que, em 2013, o prefeito cancelou todos os pagamentos de subvenções, deixando as instituições filantrópicas e seus beneficiados em uma situação muito complicada. E este ano os apelos dessas entidades vinham sendo ignorados”, finalizou.

Jornalista: Adriana Corrêa

Deixe uma resposta

Libras
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Macaé pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support