Legislativo comemora aumento de área de preservação no município

Foto:Ivana Gravina

Comissão de Meio Ambiente se reúne com representantes de órgãos ambientais na Câmara

Na manhã desta quarta-feira (19), a Comissão do Meio Ambiente do Legislativo realizou uma reunião pública para apresentar as mudanças que aconteceram na Reserva Biológica da União. Em Macaé, a área de preservação aumentou de 26 para 1 mil hectares. Os dados foram divulgados por representantes de órgãos ambientais e o ato foi conduzido pelo presidente da comissão, Maxwell Vaz (SD).

Com as alterações, Macaé deverá arrecadar mais com o ICMS Verde, um imposto destinado aos municípios que investem na preservação ambiental. Agora, de acordo com o chefe da Reserva Biológica da União, Whitson José da Costa Júnior, passa a ser possível duplicar a BR-101, no trecho entre Rio Dourado e Macaé.

“A ampliação é muito importante para Macaé, Casimiro de Abreu e Rio das Ostras (cidades que abrangem a área de proteção). Hoje mesmo já apresentaremos o parecer sobre a duplicação da BR-101, que inclui as diretrizes para a realização da obra e os impactos ambientais, além de todas as medidas que devem ser tomadas para o aumento da segurança das pessoas, da fauna e da flora”, anunciou Whitson.

Durante a reunião, Maxwell Vaz também abriu a participação para os representantes da Guarda Ambiental, do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e do Conselho Municipal do Meio Ambiente. “São avanços importantes e que gerarão impactos positivos. Ao todo, a área de proteção mais do que triplicou e agora compreende 7,7 mil hectares”, acrescentou.

O vereador José Franco de Muros (PPS), o José Prestes, também participou da reunião. Os dois parlamentares apresentarão juntos um requerimento para que uma nova apresentação sobre o tema aconteça. A proposta será para ceder o espaço do Grande Expediente da sessão do dia 30 de agosto aos administradores da área.

A administração da Reserva Biológica é feita pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). Além de centenas de espécies de aves, o local é conhecido mundialmente por ser habitat natural do mico-leão-dourado, animal que está na lista de ameaçados de extinção.

Jornalista: Júnior Barbosa

Deixe uma resposta