Legislativo propõe construção de escolas com fundo da Macaeprev



Proposta foi debatida pelos vereadores

A construção de escolas da rede pública pelo Instituto de Previdência Social do Município de Macaé (Macaeprev) foi proposta no Legislativo, nesta quarta-feira (30). O requerimento, apresentado por Paulo Antunes (PMDB), solicita envio de correspondência ao presidente do instituto, Rodolfo Tanus Madeira, sobre a possibilidade do investimento, com a contrapartida de que as unidades sejam alugadas pela prefeitura.

 

“A Macaeprev tem um patrimônio de R$ 2 bilhões, que rende R$ 2,5 milhões por mês. Seria feito um convênio entre a prefeitura e o instituto, de acordo com as necessidades apontadas pela Secretaria de Educação”, explicou Antunes. A proposição considera resolução do Conselho Monetário Nacional, que “tem essa previsão para os investimentos de institutos previdenciários”.

 

Maxwell Vaz (SDD) elogiou a iniciativa mas ressalvou: “Tenho receio de que a prefeitura não pague os aluguéis como vem acontecendo com vários imóveis alugados para o município”. Paulo Antunes minimizou o risco apontado pelo colega. “O máximo que pode ocorrer é, num período de crise como o atual, o atraso de um ou dois meses”.

 

“Pelo que tenho visto, o mercado de aluguel não tem sido um bom investimento. Vejo a Macaeprev pelo lado dos aposentados e acho que em time que está ganhando não se mexe. Por isso, vou me abster de votar”, disse o presidente Eduardo Cardoso (PPS). O requerimento teve voto favorável de todos os vereadores presentes, com apenas uma abstenção.

 

 

Jornalista: Marcello Riella Benites.

 

 

Deixe uma resposta