Luiz Fernando luta por água ainda em 2007



A comissão especial de combate à falta de água, convocada e presidida

A comissão especial de combate à falta de água, convocada e presidida pelo vereador e vice-líder do governo na Câmara, Luiz Fernando Pessanha (PMDB), esteve reunida com o presidente da Cedae, Wagner Victer, na tarde de ontem (11), no Rio de Janeiro, onde levaram as necessidades dos bairros de Macaé e ouviram soluções para o problema, que devem ser executadas ainda neste ano.

Durante o encontro, ficou oficialmente estabelecido que Luiz Fernando será o interlocutor entre a Cedae e o município na questão do abastecimento de água. Também foi marcada uma reunião técnica entre o presidente da comissão e o diretor de interior da Cedae, o engenheiro, Heleno Silva de Souza, para a próxima segunda-feira, dia 17, às 9h, em Macaé.

De acordo com Luiz Fernando, Wagner Victer demonstrou otimismo durante a reunião: “a coisa agora vai fluir”, concluiu o vereador. Segundo ele, a reunião técnica irá confirmar se os bairros Ajuda de Baixo, Ajuda de Cima, Barramares e Engenho da Praia estão com as ligações concluídas para que a água chegue até às residências.

“Checaremos, ainda, se há possibilidades de as ligações chegarem até o Lagomar”, disse o vereador. O prazo para a execução seria ainda até o final do mês de dezembro. “Minha cobrança é para religar a água este ano; se, tecnicamente, a água estiver pronta para chegar até os moradores”, afirmou Luiz Fernando.

Ele informou que, na próxima semana, a Cedae vai trazer mais tubos para serem instalados Macaé, num total que se estende em até sete quilômetros e meio. “Mas não adianta colocar tubos e a água não alcançar as casas!”, protestou. Luiz Fernando apontou, também, que estão previstos o aumento da adutora do Rio Macaé, para maior captação de água e tratamento pela ETE do Morro de Santana.

São membros da comissão especial de combate à falta de água os seguintes vereadores: Luiz Fernando Pessanha (presidente), Jorge de Jesus (PRB), José Carlos Crespo (PTN), Marilena Garcia (PT) e Maxwell Vaz (PT).

Deixe uma resposta