Maxwell volta a indicar tolerância em rotativo



Na sessão ordinária desta quinta-feira, dia 21, o primeiro-secretário

Na sessão ordinária desta quinta-feira, dia 21, o primeiro-secretário da Câmara, vereador Maxwell Vaz (PT), voltou a defender melhorias no serviço prestado pelo estacionamento rotativo do município.

“É a segunda vez que faço essa mesma indicação. Como não é matéria do Legislativo, a Câmara está solicitando ou sugerindo, através da minha indicação, que o prefeito faça uma alteração no decreto que regulamenta o estacionamento rotativo: pedindo 15 minutos de tolerância antes de multar o carro que está sem o talão de estacionamento”, explicou o vereador.

De acordo com o primeiro-secretário da Câmara, muitas vezes os cidadãos estacionam e ficam procurando um responsável pelo estacionamento rotativo. “Nesse tempo, passa o agente de trânsito da Mactran e multa o veículo que está sem o talão. Na maioria dos casos isto gera constrangimento”, disse.

Maxwell deu o exemplo da cidade de Cabo Frio, onde a pessoa que vende o talão fixa um aviso de 15 minutos de tolerância no vidro do carro, a partir da hora que percebe que um veículo está sem o talão.

Passados os 15 minutos, se o motorista não retornar para comprar o talão, aí, sim, o carro pode ser multado. “O responsável pelo estacionamento rotativo irá verificar se o dono do veículo retornou ao local”, propôs.

Outra sugestão é para que se venda talão de estacionar pelo período de uma hora. “Só tem talão de duas horas. Outra situação atual é ‘ou toma multa ou compra o talão de duas horas’”, pontuou Maxwell.

“Caso o motorista queira parar por uma hora, é obrigado a pagar por duas horas. Pode-se vender talão de R$1, para uma hora. Até se arrecada mais para o município; já que o de duas horas custa R$1,50. E, isto flexibiliza mais o espaço”, defendeu.

O vereador afirmou que gostaria que a indicação fosse entendida não como uma proposta do vereador Maxwell Vaz, e sim, como uma demanda de toda a população macaense.

CLIQUE AQUI E VEJA A FALA DOS VEREADORES INSCRITOS NA EXPLICAÇÃO PESSOAL.

Deixe uma resposta