Moradores da Virgem Santa pedem mais segurança pública

Foto:Ivana Gravina

Câmara vai convidar novo comandante do 32º BPM para conversar sobre segurança pública.

Uma demanda dos moradores do bairro Virgem Santa foi trazida por Marcel Silvano (PT) e debatida na sessão desta quarta-feira (11), na Câmara Municipal de Macaé. O vereador apresentou uma solicitação ao 32º Batalhão da Polícia Militar (BPM) para o patrulhamento do local, em especial nas imediações da Escola Municipal Generino Teotônio de Luna. O requerimento contou com o apoio dos demais parlamentares, que aprovaram a proposta.

De acordo com Marcel, moradores o procuraram para informar que o espaço público localizado atrás do colégio estaria sendo utilizado como ponto de comércio de drogas, além de outras atividades ilícitas. “Trata-se de um terreno aberto, nos fundos da escola, e que a comunidade gostaria que fosse transformado em uma creche ou área de lazer para atender os cidadãos. No entanto, está abandonado pelo poder público, permitindo que criminosos façam uso”, esclareceu.

Para o autor do requerimento, os moradores estão preocupados e com medo de fazer denúncias individuais, por isso um grupo de pessoas procurou o vereador e pediu socorro. “Eles relatam que criminosos invadem quintais e usam a casa de alguns cidadãos para fugir de policiais e de outros traficantes. Já houve inclusive perseguição policial pelas residências. Precisamos garantir a segurança pública no local”, defendeu Marcel.

 

Jornalista: Adriana Corrêa

Deixe uma resposta