Parlamentares denunciam abandono da Região Serrana

Foto:Ivana Gravina

Legislativo reforça a necessidade de intervenções do governo nos distritos.

Quatro propostas com foco na Região Serrana foram aprovadas na sessão desta quarta-feira (7), na Câmara Municipal de Macaé. Os requerimentos do vereador Marvel Maillet (Rede) solicitam a cobertura da quadra poliesportiva do Colégio Raul Veiga e a reforma da passarela da Ilha da Canoa, ambas localizadas em Glicério. Já a indicação do parlamentar Luiz Fernando Pessanha (PTC) é para manter o tratamento e a distribuição de água potável de forma gratuita para os moradores da Serra. George Jardim (MDB) pediu a limpeza no entorno das cachoeiras.

Segundo Marvel, a reforma da quadra do Colégio Raul Veiga foi feita pelos próprios moradores, que resolveram se mobilizar diante da omissão da prefeitura. No entanto, fazer a cobertura da quadra demanda um alto investimento. Guto Garcia (MDB) informou que a licitação estaria agendada para o dia 17 de novembro deste ano.

O vereador Valdemir da Silva Souza (PHS), o Val Barbeiro, criticou o que chamou de inércia do governo, que acabaria transferindo a responsabilidade da execução das obras para os próprios cidadãos. “Isso está errado! A população muitas vezes não tem dinheiro para comer e ainda precisa adotar um bem público para evitar que ele seja destruído?”, indagou.

Já sobre a Ilha da Canoa, Marvel explicou que a área recebia competições nacionais e internacionais de canoagem e era um ponto turístico importante. “Recebi inúmeras reclamações de moradores dizendo que o local está abandonado e destruído devido à falta de manutenção”.

Maxwell Vaz (SD) relatou também já ter apresentado requerimento com o mesmo teor, mas, até o momento, não obteve resposta. “O atual governo nunca fez manutenção no espaço, pois não se preocupa com os problemas enfrentados pelos moradores da Região Serrana”.

Água gratuita para todos

A indicação de Luiz Fernando para o município manter o tratamento e a distribuição de água potável gratuita na serra gerou discussão. Para ele, é justo que não haja cobrança uma vez que as fontes hídricas estão todas na região, que não foi incluída na PPP do esgoto. “É preciso também tratar o esgoto na localidade. A Serra abastece toda a cidade com água, que chega contaminada com o esgoto que é despejado diretamente nos rios”. Tal fato prejudicaria toda a população, alertou o vereador.

Cuidados com a natureza

A última indicação aprovada no dia foi a de George Jardim. Ele cobra do Executivo a presença de servidores para garantir a limpeza nas margens das cachoeiras, principalmente as da Bicuda Pequena, de Lajes de Macaé e de Duas Barras, além de Glicério e do Sana. O vereador reforça que ações simples podem colaborar para a preservação ambiental da Serra.

Jornalista: Equipe de Comunicação

Deixe uma resposta