Câmara volta a defender ciclovia ecológica entre os Cavaleiros e o Pecado

Foto:Ivana Gravina

A proposta de Paulo Antunes também contempla pedestres e pode servir de cartão postal para Macaé.

Nesta quarta-feira (6), a Câmara dos Vereadores voltou a discutir a proposta de construção de uma ciclovia ecológica para ligar as praias dos Cavaleiros e do Pecado. Assim como fez no ano passado, Paulo Antunes (MDB) voltou a apresentar um requerimento ao governo municipal para que sejam feitos estudos de viabilidade no local.

Antunes lembrou que a área que liga as orlas é de proteção ambiental e, por isso, as intervenções devem ser feitas sem danos e com materiais sustentáveis. Ele ainda mencionou cidades que já adotaram esse tipo de ciclovia, como Santos (SP) e Florianópolis (SC).

“A proposta é não gerar impactos no meio ambiente, mas ter uma importante via de acesso aos pedestres e aos ciclistas. Tenho a certeza de que é possível haver esse tipo de integração. Espero que o governo analise a proposta desta vez”, defendeu Antunes.

Maxwell Vaz (SD) apoiou o projeto e indicou que a ciclovia deve ser adaptada para a acessibilidade de pessoas com deficiência. Na sequência, Valdemir da Silva Souza (PHS), o Val Barbeiro, também elogiou a iniciativa. Por fim, o requerimento foi aprovado pelos vereadores presentes.

Jornalista: Júnior Barbosa

Deixe uma resposta