PL combate a discriminação na contratação de mulheres

Foto: Tiago Ferreira

Foi aprovado, na sessão desta terça-feira (13), na Câmara Municipal de Macaé, o Projeto de Lei (PL) 021/2017, de autoria de Marcel Silvano (PT). A lei prevê punição aos contratantes que fizerem restrições ao direito da mulher a uma vaga de emprego. O PL foi aprovado com sete votos favoráveis e três abstenções: dos vereadores Júlio César de Barros (PMDB), o Julinho do Aeroporto, Welberth Rezende (PPS) e José Franco de Muros (PPS), o José Prestes.

O autor da proposta esclarece que o PL prevê que as empresas, entidades e associações que discriminarem mulheres por serem casadas, solteiras, mães, mães de filhos pequenos, negras ou transexuais podem receber advertência, multa e até ter a sua licença de funcionamento cassada. “Esta é uma forma de contribuir para a superação das desigualdades e evitar que as mulheres continuem sofrendo com o preconceito e o machismo”, disse Marcel.

Para o parlamentar, a partir do momento em que a lei entrar em vigor, um contratante não pode mais anunciar preferência na contratação de mulheres por idade, aparência física ou estado civil. A legislação segue para a avaliação do Executivo, que pode vetá-la ou sancioná-la. Em caso de veto, a pauta retorna ao Legislativo para apreciação dos vereadores.

Jornalista: Adriana Corrêa

Deixe uma resposta

Libras
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Macaé pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support