Prefeito anuncia nova peça orçamentária em audiência



A segunda Audiência Pública do Orçamento 2008 foi iniciada por uma pal

A segunda Audiência Pública do Orçamento 2008 foi iniciada por uma palestra do consultor do Instituto de Municipalidade Brasileira, Paulo Sillas. Em sua explanação ficou esclarecido que qualquer emenda à LOA – Lei de Diretrizes Orçamentárias – deverá, primeiramente, constar no PPA – Plano Plurianual – e na LDO – Lei de Diretrizes Orçamentárias. Só não é possível alterar o pessoal e o serviço da dívida.

Em seguida, o prefeito, Riverton Mussi (PMDB), anunciou que será feita uma nova peça orçamentária, diferente da apresentada na primeira audiência, onde constarão as modificações; além de divulgar as obras que serão feitas durante o ano de 2008. O prefeito disse, que desta vez, o orçamento será executável, como havia adiantado, ontem, o presidente da Câmara, Eduardo Cardoso (PPS).

Dentre os objetivos citados por Riverton está a transformação da Praia do Pecado em parque municipal, a urbanização da Praia de Imbetiba, do bairro Novo Eldorado, da obra da Barra, da Estação de Tratamento de Esgoto da Virgem Santa, obras no estádio Cláudio Moacyr, duplicação do trecho da Rodovia Amaral Peixoto, na altura de Imboassica, a urbanização do trecho Cancela Preta da Rodovia Amaral Peixoto, esgotamento sanitário e macrodrenagem, reforma de bairros e praças, a construção da praça do Barracão.

 Além da ampliação do Complexo Universitário, a conclusão da Linha Verde, complementação do bairro São Pedro pelo programa Bairro Feliz, a finalização do Centro Administrativo, a construção do Hospital da Mulher, pavimentação e colocação de paralelepípedos em diversos logradouros, implantação do Bairro Feliz nos Morros de São Jorge, Santana e no Alto dos Cajueiros, 450 casas populares na Ajuda, loteamento popular, construção de unidades de Saúde, ponte da Nova Holanda, Construção da Delegacia Legal e Escola de Informática.

Também consta no plano para 2008 a ampliação da rede municipal, a construção de um posto odontológico e médico para atender os servidores municipais, pronto socorro infantil que será construído no lugar do antigo fórum, plano de aceleramento escolar, sinalizações nas estradas e ruas do município com monitoramento de câmeras, a recuperação da Praia dos Cavaleiros. E, ainda, operação com bombas de sucção para casos de emergência até que o serviço de macrodrenagem fique pronto, a infra-estrutura de loteamento do Bosque Azul 1 e 2 e a ampliação da Fábrica de Tijolo, a construção da maior escola de tempo integral, uma casa de passagem, Parque da Cidade, Centro de Convivência dos idosos, revitalização das ruas da Nova Holanda, obras no Centro de Controle de Zoonoses.

O passe social que no primeiro plano orçamentário não foi contemplado também entrará na nova peça orçamentária e, também, será contemplada a bilhetagem eletrônica. E ainda, a pavimentação no loteamento Vilage Parque.

Durante a audiência as sugestões e perguntas da população foram ouvidas nas seguintes áreas: Saúde, Educação, Transporte, Infra-estrutura e Segurança. O secretário especial de Desenvolvimento Social e Humano, Jorge Tavares Siqueira, ficou para ser ouvido na próxima audiência e deverá ser o primeiro da pauta. A maioria do secretariado compareceu à essa audiência. Os vereadores trouxeram reflexões que foram propostas para serem inseridas em todas as áreas abordadas. As considerações dos vereadores e da população continuarão a ser contempladas nas próximas matérias deste site.

Deixe uma resposta