Primeira sessão conta com prefeito



A primeira sessão ordinária do período legislativo de 2008 foi r

A primeira sessão ordinária do período legislativo de 2008 foi realizada na manhã de hoje, no plenário da Câmara. O prefeito, Riverton Mussi (PMDB), foi convidado para a abertura da primeira sessão que marca a retomada dos trabalhos do Legislativo.

O espaço foi cedido para que o chefe do poder Executivo anunciasse alguns projetos de governo para este ano. Após a fala do prefeito, cinco vereadores se inscreveram para também fazer uso da palavra: Pedro Reis (PSDB), Marilena Garcia (PT), Maxwell Vaz (PT), Maria Helena Salles (PSDB) e Paulo Antunes (PMDB). Os vereadores elogiaram os projetos anunciados pelo prefeito. Maria Helena Salles (PSDB) afirmou que aplaudirá quando ver os resultados. Todos os doze parlamentares da Casa compareceram à sessão de hoje.

O presidente da Câmara, Eduardo Cardoso (PPS), destacou: “não me lembro de outros prefeitos comparecerem a esta Casa como o prefeito, Riverton Mussi. Em toda solenidade, reuniões e abertura de período Legislativo ele foi 100% assíduo”.

Em seu discurso, Riverton enfatizou que “nos últimos três anos, o investimento na área social se destacou”. Ele disse, como um dos exemplos, que 307 famílias já vivem no Condomínio Cidadão e mais 450 casas terão a construção finalizada. Além do recurso de R$ 10 milhões, previsto no orçamento municipal, liberados para melhorias em Nova Holanda e Nova Esperança.

“Graças a uma parceria com a Caixa Econômica Federal, outras 500 casas serão entregues em abril”. Riverton citou, ainda, outras localidades que serão beneficiadas em 2008 com reformas e o Programa Bairro Feliz: Lagomar, Botafogo, Morro do Lazaredo e Alto dos Cajueiros. Os três últimos com início das obras em abril, pelo referido programa. De acordo com o prefeito, o Programa Bairro Feliz também reformará 300 casas na Fronteira. Ele disse, ainda, que será oferecida infra-estrutura nova para Aroeira.

O prefeito anunciou um novo Restaurante Popular, na Aroeira: “requisitando também creche e escola naquela localidade”, disse. E, ainda, a continuidade dos convênios com UFF e UFRJ, e o início dos cursos de Farmácia e Química; bem como a expectativa de trazer o curso de Engenharia, em 2009.

Sobre a macrodrenagem e esgotamento sanitário, Riverton afirmou que uma empresa já ganhou a licitação: “É um contrato de cinco anos, que já será assinado. São R$ 270 milhões em recursos da Prefeitura. Vamos buscar parcerias”, disse.

Plano de Saúde e Odontológico para todo servidor público, licença maternidade de seis meses, expectativa de incluir mais 14 escolas ao regime de horário integral, processo de municipalização da água, Pronto Socorro Infantil, apoio à Casa do idoso, recuperação da Orla de Imbetiba e reforma da Praça da Barra; finalizar a construção do Vilage Parque e Novo Eldorado, incentivo ao esporte paraolímpico e Projeto Delegacia Legal, que se espera concluir em quatro meses, também foram projetos citados pelo prefeito para o ano de 2008.

Antes do início da sessão, o vereador, José Carlos Crespo (PTN), solicitou que fosse feito um minuto de silêncio em virtude do falecimento de Pedro Paulo Almeida, lotado na Secretaria municipal de Acervo e Patrimônio Histórico (Semaph), e que veio a falecer na tarde de quinta, dia 14.

Deixe uma resposta