Programa Sênior é aprovado por unanimidade

O Programa de Guarda Sênior de autoria do poder executivo, foi aprovada por unanimidade on O Programa de Guarda Sênior de autoria do poder executivo, foi aprovada por unanimidade ontem (12/09) na sessão solene da Câmara, incluindo as duas emendas do vereador Maxwell Vaz, que suprimiu o parágrafo que limitava a idade do idoso para ingressar no programa. Com o plenário lotado, em sua maioria por idosos, Maxwell explicou a todos os presentes o motivo que os levou a definir esta questão, deixando claro que em nenhum momento houve retaliação de ninguém daquela Casa em não aprovar o programa e sim fazer uma adequação que viesse a assegurar a validade do Programa: “ As duas emendas anexadas ao projeto de lei de autoria do Prefeito Riverton Mussi, foi baseada no Estatuto do idoso e que esta Câmara está sempre pronta para atender aos anseios da sociedade e principalmente das que fazem parte do grupo da Melhor idade. A Comissão Permanente discutiu e elaborou essas emendas, porque entendeu que se aprovada anteriormente estaria cometendo uma discriminação.” O vereador Luiz Fernando após saudar os idosos presentes, ressaltou: “Foi colocado que esta Casa estava contra vocês. Queria esclarecer que foi pedido que votássemos o projeto de lei mais rápido possível, mas ao lermos o projeto original, entendemos que este feria o Estatuto do idoso e daquela maneira vocês não poderiam participar do Programa. Logo, deixamos claro que com esta atitude em nenhum momento tentamos prejudicá-los, muito pelo contrário”. Reiterando o que os demais colegas declararam, o vereador Carlos Emir Mussi Júnior felicitou os idosos e ressaltou que como cardiologista este projeto só traz benefícios para o coração de todos e acrescentou: “60 anos é o começo de uma vida. Nada melhor que o trabalho para a melhoria de vida das pessoas e principalmente de vocês.” Explicando o porquê da demora da votação, o vereador Jorge de Jesus disse: “Muito de vocês não acreditavam que iríamos votar este projeto a favor de vocês. Somos vereadores, temos responsabilidade. O único objetivo nosso é de ver vocês felizes.” Esta matéria é inquestionável, diz o vereador e médico, o tucano Pedro Reis. “O trabalho dignifica o homem e esta Câmara está aqui é para se fazer justiça e esta deve ser bem elaborada. Tudo que fizermos pelo idoso é muito pouco. Quero ter uma Macaé voltada para o idoso.” Muito descontraído, o vereador João Sérgio declarou que não gosta dessa separação de velho, jovem, pois a idade está na cabeça de cada um. Parabenizou a iniciativa do prefeito e da conquista do programa que beneficia a todos da Melhor idade, sem restrição. Ponderando o questionamento feito anterior as emendas, a vereadora Maria Helena disse que tinha certeza do bom senso de seus colegas e da aprovação do projeto. “Nasce uma nova esperança para todos que fazemos parte deste grupo”,concluiu. O presidente e vereador, Eduardo Cardoso lembrou que este era um programa do governo Riverton Mussi para defender a 3ª idade e sem intenção eleitoreira. “Parabenizo a todos vocês que não acreditaram naqueles que não confiam em nosso trabalho.” O representante do governo na Câmara, o vereador Paulo Antunes reafirmou as palavras do presidente, acrescentando que foi muito doloroso ver os idosos naquela agonia, indo e vindo às sessões, chegando a pensar que não ajudaríamos. Finalizou dizendo: “Esta lei é do Governo Riverton e que será reeleito com certeza.”

Deixe uma resposta