Reabertura do Cine Clube Macaé e realocação da Escola de Dança



 <span style="font-family: arial, helvetica, sans-serif; font-size: 14px; text-align: justify;">O requerimento é do vereador Luciano Diniz e foi aprovado na&nbsp;</span><span style="font-family: arial, helvetica, sans-serif; font-size: 14px; text-align: justify;">sessão desta quarta-feira (28).</span>

Um requerimento do vereador Luciano Diniz (PT) solicitou a reabertura do Cine Clube Macaé e a realocação da Escola de Dança Municipalno mesmo imóvel. A proposta foi aprovada por unanimidade entre os vereadores presentes, na sessão desta quarta-feira (28), na Câmara Municipal de Macaé.
 

De acordo com o parlamentar, a reforma do Cine Clube custou R$ 24 milhões e foi patrocinada pela Petrobras. “Agora, há espaço para receber a escola de dança, que deixaria de pagar aluguel, desonerando os cofres públicos”, esclareceu.
 

Os vereadores Igor Sardinha (PRB) e Marcel Silvano (PT) reforçaram a importância do requerimento e pediram explicações sobre a demora na reinauguração do Cine Clube. “Sugiro que façamos uma audiência pública para entendermos o motivo desse espaço ainda não ter sido devolvido à sociedade”, propôs Marcel.
 

Já Igor relembrou que o jornal O Globo divulgou, em maio de 2013, a informação de que a previsão para a inauguração do Cine Clube seria em julho daquele ano. “Mais de dois anos se passaram e até agora não temos qualquer resposta sobre isso. Os equipamentos já devem estar, inclusive, se deteriorando”, alertou.
 

Manoel Francisco Neto (PR), o Manoel das Malvinas, também relatou já ter feito alguns requerimentos nesse sentido, mas até o momento não obteve respostas.
 

Por fim, Luciano Diniz explicou que o problema seria a falta de uma diretoria do Cine Clube, o que teria causado alguns problemas legais. “Mas acredito que podemos solucionar este imbróglio na Justiça, sem prolongar ainda mais a espera da população.”
 

Jornalista: Adriana Corrêa

Deixe uma resposta