Semana de Reflexão abordará consequências do Regime Militar



 <span style="font-size:14px;"><span style="font-family:arial,helvetica,sans-serif;">O PL que&nbsp;institui a “Semana de Reflexão sobre o significado e as consequências do Golpe Militar de 64” é de Marcel Silvano.</span></span>

<span style="font-size:14px;"><span style="font-family:arial,helvetica,sans-serif;">A Câmara Municipal de Macaé aprovou por unanimidade, nesta terça-feira (27), um projeto de lei que institui a “Semana de Reflexão sobre o significado e as consequências do Golpe Militar de 64”. O projeto é de autoria de Marcel Silvano (PT), representante do Legislativo na Comissão da Verdade. “O PL surge da responsabilidade de expor à sociedade todos os atos ruins de uma ruptura democrática”, justificou o vereador.</span></span><br />  &nbsp;

Segundo ele, a Semana de Reflexão, já realizada em outros municípios, é importante para que  a sociedade não permita recuos na trajetória democrática iniciada após a ditadura. “Além disso, a Comissão da Verdade está finalizando a proposta de levantar a memória da resistência ao regime militar na cidade, com um relatório para ser publicado em forma de livro”.
 

A Comissão da Verdade de Macaé foi criada em 2013, numa parceria dos poderes Executivo e Legislativo, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Macaé e da Associação dos Ferroviários de Macaé. O objetivo da Comissão Municipal foi auxiliar a Nacional nos exames e esclarecimentos sobre violações aos direitos humanos praticadas de 1961 a 1985 na cidade. 
 

Deixe uma resposta