Subsídios de passagens e Mercado de Peixes são temas de proposições



Requerimentos foram aprovados por unanimidade

A Câmara Municipal de Macaé solicitará à prefeitura informações sobre os valores do subsídio de passagens de ônibus repassados ao Sistema Integrado de Transporte (SIT), em 2016. A iniciativa é fruto de requerimento aprovado por unanimidade nesta quarta-feira (15), de autoria de Marcel Silvano (PT). Segundo ele, interrupções dos serviços da empresa motivaram a proposição.

 

“Durante o recesso parlamentar, a circulação dos ônibus foi suspensa pelos trabalhadores por causa do atraso dos salários. A empresa, por sua vez, alegou que a prefeitura atrasou os repasses. Precisamos verificar se é verdade”, disse Marcel. “Existe, inclusive, o risco, previsto no contrato, de a empresa voltar a cobrar acima de R$ 1, caso não receba da prefeitura”, acrescentou Maxwell Vaz (SDD).

 

Entre outras proposições da sessão, foram aprovados também dois requerimentos de Júlio César de Barros (PMDB), o Julinho do Aeroporto. Um sugere parceria da prefeitura com a Colônia de Pescadores Z-3 para administrar o cais do Mercado de Peixes. “A carga e descarga estão ocorrendo de forma desorganizada e a divisão de responsabilidades com os pescadores pode ajudar”, justificou o autor.

 

Alan Mansur (PRB) pediu que fosse incluída a Associação de Pesca da Barra de Macaé na parceria, o que foi aceito. José Queiroz dos Santos Neto (PTC), o Neto Macaé, cobrou coberturas para proteger do sol os trabalhadores e o pescado na descarga e vendas. Por coincidência, ele foi contemplado pelo segundo requerimento que propõe consulta ao Executivo sobre o andamento das obras de reforma do cais.

 

 

Jornalista: Marcello Riella Benites

 

Deixe uma resposta