Transporte coletivo: Lei favorece usuários com deficiências visuais e mobilidade reduzida



Projeto de lei foi aprovado por unanimidade

O Projeto de Lei (PL) Nº 63/2016, apresentado por Welberth Rezende (PPS) e aprovado por unanimidade nesta terça-feira (19) na Câmara Municipal de Macaé, vai beneficiar pessoas com deficiências visuais e mobilidade reduzida que usam transporte coletivo. Segundo o vereador, o projeto obriga os ônibus a pararem fora dos pontos para esses passageiros.

 

“Nossa proposta garante, na cidade, uma avaliação já feita pelo próprio STF quanto à obrigatoriedade de os ônibus atenderem a pessoas nessa situação”, esclareceu Welberth. Igor Sardinha (PRB), autor de lei já em vigor, favorecendo mulheres em horário noturno, comentou que algumas reclamam de determinados motoristas, que não obedecem à exigência. “Mas, em geral, elas estão se sentindo mais seguras. Por isso, eu apoio a iniciativa de Welberth, que amplia essa conquista”.

 

Segundo o parlamentar do PRB, devido à grande rotatividade dos motoristas do SIT, é necessário que a empresa oriente os novos profissionais sobre a legislação. Ele sugeriu ainda que a Ouvidoria da Casa ficasse disponível pare receber reclamações de usuários insatisfeitos. Manoel Francisco (PPS), o Manoelzinho das Malvinas, também discursou favoravelmente ao projeto e disse que está elaborando uma proposição para estender às pessoas da terceira idade a possibilidade de pegar ônibus fora dos pontos.

 

Amaro Luiz (PSB) mencionou ainda ampliar o benefício para passageiros temporariamente impossibilitados de andarem longas distâncias, como alguém com a perna quebrada, por exemplo. Welberth esclareceu que, ao citar pessoas “com mobilidade reduzida”, o PL 63/2016 abrange também os casos sugeridos pelos colegas e ainda outros, como o das gestantes.

 

Eduardo Cardoso (PPS), presidente da Câmara, afirmou que a empresa SIT e a Secretaria de Mobilidade Urbana devem agir juntas para garantir a observância da nova lei. “Assim estaremos humanizando o transporte coletivo em Macaé”, afirmou.

 

 

Jornalista: Marcello Riella Benites

  

Deixe uma resposta

Libras
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Macaé pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support