Vereador aguarda explicações oficiais do MACPREVI



O vereador Luiz Fernando Borda Pessanha (PMDB) solicitou na sessão ordinária

O vereador Luiz Fernando Borda Pessanha (PMDB) solicitou na sessão ordinária desta quarta-feira (26) que fosse endereçada uma carta para o diretor financeiro do Instituto de Previdência dos Servidores do Município de Macaé (MACPREVI), Júlio César Marques, para que este comparecesse na Câmara Municipal e esclarecesse as denúncias feitas contra instituição. “Vou cobrar explicações oficiais de tudo que disse em plenário na semana passada”, garantiu o vereador.

Segundo Luiz Fernando, o diretor financeiro usou espaço em veículos de comunicação da cidade para fazer criticas pessoais contra o vereador ao invés de explicar a questão da MACPREVI. “Júlio César deveria ter utilizado o espaço em um jornal para esclarecer a denúncia que fiz ao MACPREVI e não me atacar com insultos. Não entendi porque ele perdeu a oportunidade de explicar aos servidores o que realmente esta acontecendo com aplicação do instituto”, ressaltou.

O vereador frisou, no debate em plenário, que quer o melhor para Macaé e para o servidor público. “Vou aguardar a presença de Júlio César aqui na casa. Vou trazer o dossiê que tenho em mãos e farei todas as perguntas que devem ser respondidas para esclarecer a questão do MACPREVI. Espero que tenham provas oficiais para nos apresentar”, disse.

De acordo com Luiz Fernando, é importante que o servidor público tenha garantia da rentabilidade e integridade quando se aposentar. “O investimento nas aplicações financeiras que garantirá daqui alguns anos o capital de aposentados e pensionistas”, falou.

Luiz Fernando afirmou na sessão ordinária que quer discutir a essência das questões do MACPREVI. “Tenho convicções das coisas que falo. O que disse aqui será sustentado por mim. Então, Júlio César está sendo convocado e não convidado para comparecer na Câmara Municipal. Não quero ataques pessoais. Quero ele presente na sessão para provar a todos o que acontece com o MACPREVI. Essa questão tem que ser explicadas para todos e não apenas para mim. Quero segurança e estabilidade nas aplicações. Eu não quero colocar servidor contra MACPREVI  e vice-versa”, argumentou.

A vereadora Marilena Garcia (PT) disse estar ao lado de Luiz Fernando na questão do MACPREVI. “Quando o vereador fez referencias da questão debatida não citou nomes. A reação foi o ataque a Luiz Fernando ao invés de ser explicações do que realmente esta acontecendo. As pessoas algumas vezes não entendem que este é o papel do vereador. Conte comigo no que for possível”, finalizou.

Deixe uma resposta

Libras
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Macaé pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support