Vereador propõe transporte ferroviário de passageiros



O vereador Maxwell Vaz (PT), desde o início de seu mandato, propõe medidas e

O vereador Maxwell Vaz (PT), desde o início de seu mandato, propõe medidas e alternativas viáveis para a utilização da linha férrea no município, visando oferecer segurança e alternativas de lazer. Ele elaborou um projeto, já sancionado, sobre o pátio de manobras e ainda busca junto à Agência Nacional de Transportes Terrestres-ANTT viabilidade para a utilização da linha para transporte de passageiros.

Os riscos de acidentes ocasionados pelas manobras dos trens no pátio ferroviário, localizado entre os bairros, Miramar, Visconde de Araújo, Cajueiro e Centro, levou o vereador a criar um projeto de Lei que limita a permanência de vagões nesses locais. O documento foi sancionado pelo prefeito Riverton Mussi e transformado na Lei N º 2.652, que proíbe a permanência de vagões com produto combustível, por mais de uma hora, dentro do perímetro urbano da cidade. Dessa forma os macaenses terão mais de segurança até a retirada do pátio de manobras. A Lei já está em vigor.

Maxwell ressaltou que manobra dos trens no centro da cidade tem prejudicado motoristas ciclistas e pedestres, produzindo engarrafamentos e tumultos diários. “O risco de um acidente é sempre presente: São 20 vagões, contendo cerca de 1.200.000 litros de combustível, que sem oferecer segurança ideal aos moradores locais, podem provocar uma tragédia”, alertou. O vereador elaborou ainda uma indicação legislativa que visa a transferência do pátio para um local mais seguro. No local ele ainda sugeriu a criação de um complexo comunitário que comportaria, creche, pronto socorro, quadras, praça de brinquedos e um museu ferroviário.

Durante o encontro realizado no Rio de Janeiro, em abril, com representantes da ANTT, Maxwell argumentou sobre a viabilidade do projeto e sobre a utilização da linha férrea para transporte de passageiros. Segundo o Coordenador da agência, Sebastião Zaiden, essa alternativa é viável. Ele se comprometeu a avaliar o estudo apresentado pelo vereador, para em seguida buscar ações que viabilizem o projeto.

A Câmara Temática de Mobilidade Urbana do Plano Diretor, que concluiu seus trabalhos no último dia 18 de maio, apresentou sugestões para o transporte de passageiros utilizando o sistema ferroviário. A coordenação, presidida pelo vereador Maxwell Vaz, sugeriu, entre outras ações, a utilização da malha férrea para transporte de passageiros. Ela abrangeria do Lagomar até Imboassica.

“É importante ressaltar que o transporte no município se tornou uma questão amplamente discutida e a busca de alternativas, utilizando mecanismos os quais já possuímos, torna a questão do transporte mais favorável” argumentou. Pela proposta seriam implantados pontos rodoviários integrados ao transporte ferroviário. Proporcionando aos passageiros, segurança, agilidade e conforto. O plano diretor estabelece diretrizes para o correto desenvolvimento da cidade através de todos os segmentos do município, como transporte, urbanismo e saneamento. Segundo Hermeto Didonnet, coordenador geral do Plano Diretor, os pontos abordados serão estudados por uma comissão, a fim de verificar sua viabilidade e conseqüente implantação no município.

Fonte: assessoria de comunicação do vereador Maxwell Vaz (PT)

 

Deixe uma resposta