Vereadores aprovam propostas para a saúde

Foto:Ivana Gravina

Robson defendeu prioridade de atendimento para pacientes com câncer.

Nesta quarta-feira (5), diversas propostas para a saúde dos moradores entraram na pauta da Câmara Municipal de Macaé. Com voto favorável de todos os parlamentares presentes, foi aprovado o Projeto de Lei 060/2018, de Robson Oliveira (PSDB), que dá prioridade de atendimento na rede pública aos pacientes diagnosticados com câncer.

De acordo com o vereador tucano, já existe uma lei federal que estabelece o prazo máximo de 60 dias para o início do tratamento o que, para ele, é muito tempo. “Estamos falando de uma doença séria. Nossa proposta é que haja diminuição para 30 dias, indo de encontro ao anseio dos pacientes e dos familiares”, defendeu.

De autoria do vereador Marvel Maillet (Rede), a Casa aprovou o projeto que torna obrigatória a divulgação dos direitos que o cidadão em tratamento do câncer tem perante a lei, por meio de publicações fixas nos sites oficiais da prefeitura. “É possível solicitar desde benefícios trabalhistas e tributários até mesmo um auxílio-doença ou uma aposentadoria por invalidez. Em muitos casos, as pessoas não sabem a quem e como recorrer”, disse.

Na sequência, houve a votação do programa Medicamento Solidário. A iniciativa de Marvel prevê que a prefeitura crie um serviço de triagem de remédios parcialmente utilizados para que, posteriormente, sejam disponibilizados de forma gratuita e por meio da farmácia municipal.

“O governo poderá receber doação de medicamentos, dentro do prazo de validade, tanto de moradores quanto do setor farmacêutico. É possível seguir todos os procedimentos necessários para assegurar o controle de qualidade e de segurança”, finalizou.

Terceira idade

A segunda proposta de Robson cria o Disque-Idoso. O propósito é estabelecer um canal de comunicação da terceira idade com o poder público local, facilitando denúncias e pedidos de emergência. “Há um telefone nacional, mas o atendimento precisa ser mais próximo e humanizado. Conto com a sensibilidade do governo para a implantação deste serviço”, frisou.

Campanhas informativas

Na mesma sessão, o Legislativo também deu voto unânime para dois projetos de lei de Márcio Bittencourt (MDB). O primeiro é para que o Executivo incentive e promova campanhas de doação de sangue. “Quem atua na área sabe como há grandes riscos quando uma cirurgia é cancelada por falta de bolsas de sangue”, alertou o parlamentar que também é médico.

O segundo define que as salas de cinema da cidade passem a exibir vídeos institucionais sobre a importância do combate à pedofilia antes das exibições dos filmes.

 

Jornalista: Júnior Barbosa

Deixe uma resposta

Libras
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Macaé pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support