Vereadores criticam loteamento popular



Empreendimentos não receberam obras de infraestrutura

A Câmara Municipal de Macaé aprovou, na sessão desta quarta-feira (8), um requerimento de George Jardim (PMDB) solicitando à Cedae a informação sobre quando será implantado o abastecimento de água no bairro Jardim Franco Plaza. O requerimento foi aprovado por unanimidade e, em seguida, Amaro Luiz (PSB) provocou: “Lembro que realizamos uma Câmara Itinerante para toda aquela área e o problema do abastecimento lá é grave”.

 

“O que está ocorrendo em todos aqueles loteamentos é que o empreendedor não cumpriu com o que prometeu e não implantou a infraestrutura básica”, disse o presidente Eduardo Cardoso (PPS). “São quatro empreendimentos do mesmo proprietário, que não realizou calçamento, colocação de meio-fio, escoamento de águas pluviais e iluminação. Já pensamos até em uma CPI para abordar esse caso”, disse Welberth Rezende (PPS).

 

George Jardim também afirmou que faltou a ação fiscalizadora do Executivo para obrigar a realização das obras. “Nos acostumamos a ver os loteamentos populares como meio de aumentar o lucro do proprietário e não como um meio de cidadania e moradia digna”, disse Marcel Silvano (PT), que apoiou a ideia da CPI proposta por Welberth.

 

 

Jornalista: Marcello Riella Benites

 

Deixe uma resposta