Vereadores criticam secretariado municipal durante sessão



O grande expediente da sessão da Câmara municipal desta quinta feira (24) fo

O grande expediente da sessão da Câmara municipal desta quinta feira (24) foi marcado pelas críticas dos vereadores aos secretários do prefeito Riverton Mussi. Eles utilizaram do grande expediente para cobrar o retorno as informações solicitadas aos órgãos e o cumprimento dos requerimentos e projetos elaborados pela casa. Para eles O Executivo está comprometendo sua gestão com a falta de tal procedimento.
O vereador Júlio Cézar de Barros, que na última sessão comentou sobre a dificuldade de se reunir com alguns secretários, voltou a solicitar das secretarias responsáveis uma solução para o transporte inadequado de alunos da rede municipal de ensino. Julinho disse ainda que as Mactran e a secretaria comunicação estão comprometendo algumas ações da prefeitura pela demora em atender suas solicitações.
“Não quero parecer repetitivo, mas ainda não estou recebendo respostas desses setores e continuo sendo cobrado pelos moradores. O vereador é o elo entre a prefeitura e a comunidade e se não temos um retorno, no momento da campanha ficaremos sem o apoio necessário”, observou o peemedebista que solicitou a Mactran sinalização na rua projetada 1 no aeroporto e ainda não foi atendido.
Marilena Garcia (PT) acompanhou o argumento do vereador e utilizou seu tempo para avaliar a situação. “Concordo com o vereador Julinho e acrescento que o nosso papel em cobrar dos secretários é único e exclusivamente com o interesse de fortalecer o papel do Executivo. Esse é um dos papéis do vereador e se isso não pode ser visto acredito que tenha a ver com imaturidade, pois somos nós que devemos, para a população, tomar as iniciativas”, acrescentou.
A falta de atenção dos secretários aos vereadores foi também comentada pelo vereador Jorge de Jesus. O pastor disse que a cobrança tem sido feita continuadamente. “Estamos sentindo na pele a falta de boa vontade desses órgãos. E estamos apenas transmitindo um pedido da população macaense. E isso acaba atingindo também o prefeito” alertou.
Paulo Antunes, líder da bancada do governo fez coro ao pronunciamento dos vereadores e lembrou que sempre esteve defendendo os companheiros de Casa e que estará levando todas as reivindicações ao prefeito. Segundo ele, o problema tem ocorrido com todos os vereadores. “Eu, por exemplo, só fiz a indicação para a Mactram instalar placas informativas nas ruas da cidade por que meu pedido não foi realizado pela secretaria competente”, disse Antunes.
Presidindo a mesa durante toda a sessão o vereador Maxwell Vaz (PT) encerrou os trabalhos lembrando que os poderes Executivos e Legislativos são partes integradas e a interação é necessária. “Se possuímos um mandato é para exercê-lo, e por isso necessitamos de um apoio. O Legislativo precisa se impor e buscar da melhor forma para que os secretários cumpram seu compromisso com a comunidade".

Deixe uma resposta

Libras
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Macaé pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support