Vereadores denunciam esgoto e condições de trabalho dos guarda-vidas



Assuntos foram apresentados por requerimentos oficiais

A retirada dos containers que funcionavam como apoio para os bombeiros guarda-vidas em algumas praias da cidade foi debatida na sessão desta quarta-feira (9), na Câmara Municipal de Macaé. O vereador Igor Sardinha (PRB) apresentou um requerimento solicitando informações sobre a situação e pedindo a recolocação das instalações que dão suporte ao trabalho dos profissionais. O documento foi aprovado por unanimidade entre os presentes.

 

Igor relatou que, após a retirada dos containers, os guarda-vidas ficaram sem banheiro e local para fazer as suas refeições. “Eles trabalham o dia todo no sol quente, garantindo a segurança dos banhistas, mas não têm sequer um local para guardar seus pertences, usar o banheiro ou se alimentar”, lamentou.

 

Esgoto a céu aberto

 

Já o parlamentar Nilton César Moreira, o Cesinha, denunciou o esgoto a céu aberto no bairro Novo Cavaleiros e questionou a legalidade da cobrança da taxa de esgoto, que, mesmo nesses casos, continua sendo cobrada. “Gostaria de pedir à prefeitura que fiscalize o trabalho da Odebrecht Ambiental, que é a responsável por fazer os reparos na rede e atender a população”.

 

 

Jornalista: Adriana Corrêa

 

Deixe uma resposta

Libras
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Macaé pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support