Vereadores discutem aumento da prostituição



A sessão ordinária de ontem da Câmara foi presidida pelo primeiro-secr

A sessão ordinária de ontem da Câmara foi presidida pelo primeiro-secretário, Maxwell Vaz (PT). O presidente, Eduardo Cardoso (PPS) e a segunda-secretária, Marilena Garcia (PT), estavam ausentes porque, representando o Legislativo, participavam da abertura do seminário "Mulher : Universo e Desafios", promovido pela Câmara Municipal de Macaé com o apoio da Prefeitura, no paço municipal. O evento contou com a presença da secretária estadual de Ação Social e Direitos Humanos, Benedita da Silva (PT). Hoje, segundo dia do evento, as palestras estão previstas para a partir das 9h30min, com a participação da juíza Denise Frossard (PPS).

Não houve quorum para deliberar sobre as matérias. Contudo, os vereadores presentes debateram sobre o problema do aumento da prostituição no município e sobre a necessidade do poder público assistir socialmente essa demanda. Paulo Antunes (sem partido) considerou o momento propício para essa discussão, visto que simultaneamente, no seminário, eram abordados os direitos das mulheres. O vereador apresentou um requerimento ao poder público municipal de ressocialização das mulheres que sobrevivem da prostituição. Antunes indica que um órgão municipal disponha de equipe técnica formada por psicólogos, médicos e assistentes sociais que possibilitem a elas oportunidades de integração ao mercado de trabalho. "Os homens públicos não podem fechar os olhos para esse grave problema", frisou.

Paulo Antunes observou que com a demolição do local onde havia prostituição, para a construção da Delegacia Legal, muitas mulheres estão trabalhando nas ruas no entorno da Câmara Municipal. Jorge de Jesus (PRB) disse que apesar de ter ficado satisfeito com a demolição do local, considera que é necessário que haja uma política pública voltada para as mulheres que se prostituem, no intuito de reintegrá-las à sociedade. Após a sessão, Antunes – que integrou a mesa diretora com Maria Helena Garcia (PSDB) – e Jorge de Jesus participaram do seminário.

Hoje, a primeira palestra está prevista para as 9h30min. A historiadora Ana Batista abordará "Mulher, multiplicidade de desafios"; a juíza Denise Frossard, "Os desafios da mulher no enfretamento da violência"; a mestra em Serviço Social (UFRJ), membro da Comissão Estadual de Segurança da Mulher e assessora parlamentar da deputada Cida Diogo (PT), Mariza Chaves, "Desafios para a implantação da Lei Maria da Penha". Outras palestrantes falarão de suas experiências de sucesso em várias áreas, como saúde, meio ambiente e trabalho e renda. A vereadora Marilena Garcia fará o encerramento tratando de "Os desafios que não se encerram". Às 11h15min, as convidadas farão uma visita ao Mercado de Produção Feminina de Macaé.

Deixe uma resposta