Vereadores participam da abertura da Brasil Offshore



A Câmara de Macaé participou do evento de abertura da Feira e Conferênc

A Câmara de Macaé participou do evento de abertura da Feira e Conferência Internacional da Indústria Offshore de Petróleo e Gás, a Brasil Offshore, hoje, às 12h, no Centro de Convenções Jornalista Roberto Marinho (Macaé Centro). O evento conta com 538 expositores de 35 países e tem expectativa de receber mais de 35 mil visitantes de hoje até sexta-feira, dia 22. É a quarta vez que Macaé sedia a feira, que esse ano conta com conferências organizadas pelo Instituto Brasileiro de Petróleo-IBP, por meio da participação do ‘chapter’ brasileiro da Society of  Petroleum Engineers-SPE.

Representando o Legislativo municipal, o primeiro-secretário, Maxwell Vaz (PT), compôs a mesa integrada por autoridades políticas como: o prefeito Riverton Mussi (*PMDB), o deputado federal e ex-prefeito de Macaé, Silvio Lopes (PSDB), e o deputado estadual e ex-presidente da Empresa Municipal de Turismo-MacaéTur, Glauco Lopes (PSDB), além de representantes das instituições organizadoras do evento. Vaz ressaltou a presença dos vereadores Luiz Fernando Pessanha (sem partido), Maria Helena Salles (PSDB), Paulo Antunes (*PMDB) e Pedro Reis (PSDB).

O primeiro-secretário frisou: a importância do evento, especialmente como forma de difusão de conhecimento; a contribuição do setor e do município para a economia do estado e do país, que gera mais de 50 mil empregos na Bacia de Campos, e o investimento da Petrobrás na plataforma P-52, utilizando tecnologia brasileira. Sobretudo, o vereador destacou que recursos advindos da produção de petróleo são revertidos aos cofres públicos, por meio dos royalties. “Esse recursos de indenização devem ser investidos em infra-estrutura e no combate à pobreza no município”, finalizou.

Os deputados Silvio e Glauco Lopes falaram de sua contribuição para o surgimento do evento. Silvio destacou a construção do Centro de Convenções, em 128 dias, para possibilitar a promoção da segunda Brasil Offshore. “Mas não adiantaria o espaço, se Riverton não tivesse dado continuidade”, disse. O prefeito salientou o status de Macaé como município produtor de 83% do petróleo nacional e de 42% do gás. Ele falou da importância da qualificação profissional para a economia de Macaé e anunciou a inauguração da Cidade Universitária em 2 de julho.

Riverton também comentou sobre a aliança política com o Governo do estado. Segundo ele, o governador Sérgio Cabral (PMDB) estaria disposto a rever políticas de redução fiscal, como a inclusão do município na Lei Rosinha; melhorar o abastecimento de água, além de colaborar em outras questões. Cabral participou hoje, às 16h30 da abertura das conferências do evento.

A importância da recuperação de poços maduros, tema de uma das conferências, foi salientada pelo presidente do IBP, João Carlos de Luca, assim como, pelo gerente-geral da Unidade de Negócios de Exploração e Produção da Bacia de Campos (UN-BC) da Petrobrás, Carlos Eugênio Resurreição. Eles enfatizaram o processo histórico da extração de petróleo na Bacia de Campos, que teve início em 13 de agosto de 1977 e se intensificou na década de 80, com o início da extração em campos profundos. Também ressaltaram a contribuição do Poder Público municipal, da Petrobrás e a participação do Senai, Sebrai, Fijam, entre outros órgãos públicos nesse processo. A previsão é que o setor gere 20 bilhões de dólares durante os próximos cinco anos.

Luiz Fernando Pessanha comentou sobre a participação de expositores de mais de 30 países no evento, que buscam parcerias e proporcionam negócios. “O acréscimo de mais de 30% de estandes significa um acréscimo de negócios, em proporções ainda maiores’, disse o vereador. Para Pedro Reis, o Brasil Offshore é o momento de troca de informações. “É Macaé se projetando no cenário internacional”, completou. Maria Helena Salles comparou o volume de partições no evento macaense, com o de um similar realizado na Europa. “Macaé supera em participação e em entusiasmo”, avaliou. Paulo Antunes considerou a feira um sucesso nacional e internacional.

* filiação não formalizada.
 

 

Deixe uma resposta

Libras
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Macaé pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support