Vereadores pedem a reativação do Nuamc na Aroeira



 <span style="font-size:14px;"><span style="font-family:arial,helvetica,sans-serif;">Proposta foi aprovada por unanimidade</span></span>

 &nbsp;

Motivados por um requerimento do vereador Maxwell Vaz (SD), os parlamentares discutiram a desativação do Núcleo de Atenção à Mulher e à Criança (Nuamc) da Aroeira e a sua transferência para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). A proposição, aprovada na sessão ordinária desta terça-feira (8), pedirá esclarecimentos sobre o fato, já que, de acordo com o seu autor, a UPA não possui estrutura para manter o serviço.

 

Segundo Manoel Francisco Neto, o Manoel das Malvinas, a transferência foi feita devido à queda de parte do teto do prédio, onde funcionava o Nuamc da Aroeira. Igor Sardinha (PRB) acrescentou que a direção do Nuamc já havia solicitado inúmeras vezes reforma emergencial no local, uma vez que a estrutura do imóvel estava comprometida. “Mas a prefeitura não tomou nenhuma providência e o teto desabou. Então, foi preciso desativar o espaço”, relatou.

 

Maxwell criticou a prefeitura porque, segundo ele, não foi dada qualquer satisfação às pessoas que tinham atendimento agendado há meses no Nuamc e elas foram surpreendidas com o fechamento da unidade de saúde. “A prefeitura deveria ter deixado pelo menos um aviso no portão para esclarecer à população que o serviço havia sido transferido para a UPA e informar se os atendimentos estavam mantidos ou não. Em vez disso, ela deixou os cidadãos sem qualquer informação, completamente perdidos.”

 

Para Igor Sardinha, o acidente já havia sido previsto pelos próprios profissionais do Nuamc e poderia ter sido evitado com um pouco de planejamento do Executivo. “Esperamos agora que o Nuamc seja reativado na Aroeira e volte a prestar o atendimento devido aos cidadãos.” Maxwell também frisou a necessidade de melhorar a estrutura do núcleo de saúde e fez um apelo para a situação das pessoas que aguardam o retorno do atendimento na Aroeira.

 

Manutenção dos terminais e demolição do prédio do Sase

 

Também foi de Maxwell a Indicação 1075, para manutenção dos terminais da de ônibus da cidade. “Essa já é uma pauta trazida aqui, pelo vereador Igor. Com as chuvas, parece que chove mais dentro do que fora, principalmente, no Terminal Central, onde o teto pode desabar, causar lesões graves nas pessoas e até matar alguém”. O vereador Manoel Francisco discursou favoravelmente: “Aqui não se trata de ser da situação ou da oposição, mas de apoiar uma iniciativa que pode evitar mortes”.

 

 

Outra indicação de Maxwell foi para a demolição do antigo prédio do Sase, na Barra de Macaé. A proposição sustenta que o local tem servido para esconderijo de criminosos e de atrativo para animais causadores de doenças. O vereador propõe que seja construída uma creche no lugar. Além dessas, ele indicou ao Executivo a instalação de bueiros em ruas que estão ficando alagadas, com a água invadindo as casas, e a designação de agentes de controle de trânsito para a área próxima ao Terminal Cehab. Todas as indicações foram aprovadas por unanimidade pelos vereadores presentes.

 

 

Jornalistas: Adriana Corrêa e Marcello Riella Benites

Deixe uma resposta