Aumento da violência e negligência do Estado em debate no legislativo



 <span style="font-family: arial, helvetica, sans-serif; font-size: 14px; text-align: justify;">Um requerimento do vereador Nilton César Moreira foi aprovado nesta terça-feira (02) e gerou discussão na Câmara.</span>

Um requerimento do vereador Nilton César Moreira (PROS), o “Cesinha”, foi aprovado nesta terça-feira (02) e gerou discussão na Câmara Municipal de Macaé. O documento solicita ao Comando do 32º Batalhão da Polícia Militar (BPM) ronda policial noturna no bairro Engenho da Praia. Segundo o autor da proposta, um grupo de moradores o procurou para relatar que, após as 22h, não é possível transitar na localidade devido aos altos índices de roubo, furto e outros tipos de violência.
 

Cesinha lembrou que, assim como a falta de vagas para a vistoria no Detran, a segurança também é atribuição do Estado. “Há dez anos o Detran de Macaé oferece as mesmas 180 vagas de vistoria e nada é feito para mudar essa situação. Espero que seja diferente com a questão da segurança”, disse.
 

O vereador Igor Sardinha (PT) ainda lembrou a retirada da Coordenadoria Estadual de Educação de Macaé como outra perda para a população imposta pelo Governo do Estado. “Temos que lembrar que essa é a região que mais cresce em termos populacionais e precisa de uma atenção especial”, argumentou o parlamentar, acrescentando o problema do abastecimento de água como outra atribuição do Estado que ainda não atende plenamente os macaenses.
 

Contudo, para o líder da bancada governista, Júlio César de Barros (PPL), atribuir todas essas mazelas ao atual governador do Estado é injusto, porque esses problemas têm origens em administrações anteriores. Por fim, o parlamentar Teodomiro Bittencourt (PMDB) denunciou a truculência e o desrespeito da polícia ao abordar os moradores e/ou frequentadores das comunidades.
 

Jornalista: Adriana Corrêa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Libras
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Macaé pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support