Câmara cobra da Enel qualidade no abastecimento de energia

Foto:Tiago Ferreira

George Jardim denuncia que serviço na Região Serrana é precário

  As constantes reclamações e denúncias dos moradores motivaram a Câmara de Macaé a convocar a Enel, com o objetivo de cobrar melhorias no abastecimento da energia elétrica. Nesta terça-feira (20), os representantes da concessionária participaram da sessão e, por videoconferência, se comprometeram com os vereadores a aumentar investimentos e a sanar os problemas apresentados.

George Jardim (PSDB), vereador que solicitou a presença da Enel, alertou que as falhas no abastecimento são mais constantes nos distritos. “Como morador da Serra, vejo que sempre falta energia. Assim, o produtor rural acumula prejuízos. Quem produz leite, por exemplo, perde o material por falta de refrigeração. As comunidades do Sana, Serro Frio e Lages de Macaé são as mais desassistidas.”

Outra situação grave, de acordo com Tico Jardim (Pros), é que a poda das árvores não é suficiente para evitar o contato com a fiação, provocando curtos-circuitos. “Além disso, a Bicuda Pequena sequer dispõe de rede trifásica”, criticou. Também morador da Serra, Paulo Paes (PSDB) afirma que já ficou 72 horas sem energia na Serra da Cruz. “A Enel fala em equipes e ações, mas não vemos esses funcionários.”

Durante o debate, os vereadores solicitaram que a empresa forneça canais de atendimento mais efetivos com os clientes, especialmente durante a pandemia.

Enel: investimento de R$ 25 milhões

Diante das críticas, a coordenadora de Relações Institucionais, Josely Cabral, enfatizou que a Enel está comprometida em prestar um serviço de qualidade. Ela disse que será criada uma força-tarefa na unidade de Macaé para solucionar as falhas apresentadas. Segundo o funcionário Marcos Fernando, o investimento local previsto para esse ano é de R$ 25 milhões. De acordo com ele, o valor garantirá mais ações de reparo, especialmente na Serra.

Edson Chiquini (PSD), Amaro Luiz (PRTB) e Thales Coutinho (Podemos) criticaram a atual divisão de equipes plantonistas na cidade. De 10, somente duas ficam disponíveis nos distritos. “Estamos falando de 14 mil pessoas que vivem em uma região complexa. Com certeza, não atende”, lamentou Edson.

Já Guto Garcia (PDT) pediu análise nos casos em que o empresário é cobrado pela média de consumo. “Com a pandemia, muitos estabelecimentos estão fechados, mas a conta chega com valor alto”. Josely disse que esse tipo de faturamento é exceção e que acontece de acordo com o contrato de demanda em vigência e pré-estabelecido pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Em cumprimento a uma lei estadual, a Enel ainda confirmou que o corte de energia por atraso de conta está suspenso enquanto durar a pandemia. O telefone para reclamações é 0800-2800120 (ligação gratuita).  Jornalista: Júnior Barbosa


Libras
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Macaé pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support