Economia no orçamento permite valorização dos servidores

Foto:Ivana Gravina

Nos últimos quatro anos, a Presidência devolveu R$ 40 milhões aos cofres da prefeitura.

O Projeto de Lei (PL) 4.426/2017, que concede abono natalino para os servidores do Legislativo, foi aprovado por unanimidade na sessão da última quarta-feira (29), na Câmara Municipal de Macaé. Mesmo com uma redução de aproximadamente R$ 7 milhões no seu orçamento, o benefício não representará impacto significativo nos gastos para o pagamento de pessoal.

De acordo com o presidente, Eduardo Cardoso, isso se deve a algumas mudanças administrativas implantadas pela Câmara que proporcionaram uma economia no orçamento. “Com o dinheiro que economizamos, pudemos investir na valorização e no reconhecimento do trabalho dos servidores para que eles se sintam estimulados a atender cada vez melhor o cidadão macaense.”

É importante frisar que os vereadores não receberão o abono de R$ 1 mil pagos em parcela única em dezembro. “O benefício é somente para os servidores da Casa”, garante Eduardo.

O presidente também relatou que o desejo dos vereadores da Mesa Diretora é que todos os servidores de Macaé recebessem o benefício. “Mas compreendemos a dificuldade do prefeito, uma vez que o número de servidores do Legislativo é muito inferior ao do Executivo”, disse.

Antes de conceder o abono de Natal aos servidores, a Câmara realizou os estudos de impactos financeiros com o objetivo de garantir a viabilidade do pagamento. Mesmo com menos dinheiro em caixa, a prática de devolver recursos à prefeitura também está assegurada.

Quando fechar as contas do ano, a Direção da Casa divulgará o valor que retornará aos cofres da prefeitura, assim como fez nos anos anteriores. Nos quatro últimos anos, a Presidência devolveu R$ 40 milhões.

Abono ajuda a impulsionar a economia local

O benefício será especial para diversos servidores, além de ajudar a movimentar a economia de Macaé. Grávida de oito meses do seu primeiro filho, Gesiane Gomes utilizará o valor nos preparativos para a chegada do bebê. “Foi uma surpresa esse abono e fiquei muito feliz. Já fiz um orçamento e conseguirei comprar o guarda-roupa e a cômoda para guardar o enxoval”, comemorou.

Para Fátima Silva, a realização do sonho da casa própria estará mais próxima de acontecer. “Estou construindo o meu imóvel para sair do aluguel e usarei todo o valor na compra de material para terminar a obra mais rápido”, disse.

Jornalista: Assessoria de Comunicação
Libras
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Macaé pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support