Moradores da Virgem Santa cobram concretização de projetos para o bairro

 <span style="font-size:14px;"><span style="font-family: arial,helvetica,sans-serif;">População reivindica investimentos em urbanização, saneamento, segurança, saúde e educação.</span></span>

A região que abrange a Virgem Santa e localidades vizinhas vem crescendo ao longo dos últimos anos, mas os investimentos da prefeitura estão aquém das necessidades básicas, como urbanização, saneamento, segurança, saúde e educação. A afirmação foi feita por diversos moradores presentes na Câmara Itinerante, realizada na manhã deste sábado (19), dando continuidade ao projeto da Câmara de Macaé.
 

– Enquanto houver pelo menos um morador disposto a reivindicar, terá valido a pena o esforço em continuar levando o Legislativo a todos os bairros e distritos da cidade. Lamento a ausência de alguns vereadores, mas continuaremos o trabalho e, como nas edições anteriores, tudo será registrado em ata oficial para ser encaminhada ao prefeito – disse o presidente Eduardo Cardoso (PPS).
 

Diante dos vereadores e representantes do Executivo, os moradores apresentaram demandas emergenciais, como calçamento, melhorias nas vias públicas, ampliação de linhas de ônibus e área de lazer, antigas promessas que ainda não saíram do papel.
 

– Solicitei a realização da Câmara Itinerante neste bairro com a certeza de que estamos em uma região carente de diversos investimentos. Talvez, a participação popular seja menor porque os moradores estão desacreditados diante de tantas promessas não cumpridas. Mesmo assim, não deixaremos de continuar cobrando e apresentando propostas que possam vir ao encontro dos anseios dos moradores do bairro – afirmou Igor Sardinha (PRB), parlamentar que apresentou pedido para realização do projeto no bairro.
 

Para os moradores, também é preciso diversas melhorias na infraestrutura da escola do bairro, motivo de protesto organizado pelos próprios alunos há alguns meses. De acordo com a Secretaria da Educação, há processo em andamento para desapropriação de um terreno de cinco mil metros quadrados para a construção de uma escola de educação infantil, fazendo com que a atual escola atenda exclusivamente ao ensino fundamental.
 

– A Câmara de Macaé não é omissa. Apenas neste ano, apresentei três indicações voltadas para educação, saúde e urbanização, mas nada foi atendido pelo governo. É lamentável – criticou Maxwell Vaz (SD).
 

Para ações imediatas, alguns órgãos do governo se comprometeram, durante o encontro, a realizar reuniões com os moradores já nos próximos dias. Por meio de emenda impositiva ao orçamento de 2016, os parlamentares se comprometeram, conjuntamente, a destinar verba para uma praça com opções de lazer.

 

Homenagem ao ex-prefeito Alcides Ramos
 

Antes de dar início ao evento, Eduardo Cardoso solicitou um minuto de silêncio em homenagem ao ex-prefeito de Macaé, Alcides Ramos, mais conhecido como “Bicho Velho”, que faleceu na noite anterior, aos 95 anos. O velório aconteceu no Palácio Doutor Cláudio Moacyr de Azevedo, sede da Câmara de Macaé no Centro da cidade.

 

Jornalista: Júnior Barbosa


Libras
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Macaé pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support