Redução salarial das assessorias tramitará em regime de urgência

Foto:Tiago Ferreira

Votação acontece na sexta-feira (15), em sessão virtual

  Nesta terça-feira (12), a Câmara Municipal de Macaé aprovou, por unanimidade, o regime de urgência para o Projeto de Lei (PL) 001/2021, que estabelece a redução salarial de 10% nos vencimentos dos cargos de direção, chefia e assessoramento. A iniciativa partiu do presidente Cesinha (Pros) devido ao atual cenário econômico. Assim que for promulgada, valerá pelo primeiro trimestre do ano.

Agora, os vereadores terão três dias para a apresentação de emendas ao texto original. O mesmo prazo é dado às comissões permanentes, que devem emitir os devidos pareceres. Na sexta-feira (15), às 10h, o PL retorna ao plenário para ser votado.

“É importante frisar que a redução será feita somente nos cargos comissionados, preservando os servidores de carreira. O orçamento do Legislativo terá uma forte queda e, por isso, a medida se faz necessária”, disse Cesinha.

O texto original ainda prevê que a carga horária diminua proporcionalmente para os que estão incluídos na lei.

Votação

Iza Vicente (Rede), que testou positivo para a Covid-19, e Reginaldo do Hospital (Podemos), com sintomas da doença, não estiveram presentes no plenário. Para que eles possam votar o PL, a Câmara realizará a próxima sessão por videoconferência, com transmissão ao vivo no Youtube.  Jornalista: Júnior Barbosa

Libras
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Macaé pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support