Saúde e Educação defendem retorno das aulas presenciais

Foto:Reprodução

Vereadores lembram riscos e Cesinha frisa a importância da participação do Legislativo

As secretarias de Saúde e Educação defenderam, em sessão online da Câmara Municipal de Macaé, nesta quarta-feira (3), a volta às aulas presenciais. Uma equipe de médicas apresentou, como justificativa, estudos e números sobre o baixo índice de transmissão da Covid-19 por crianças, além de prejuízos psíquicos, pedagógicos e de interação social por conta do isolamento.

A pediatra Ângela Mendonça afirmou que documentos da Sociedade Brasileira de Pediatria, Organização Pan-Americana de Saúde e Organização Mundial de Saúde (OMS) estimulam a volta das atividades nas escolas. “É uma temeridade o que está acontecendo com nossos estudantes. Precisamos que seja estabelecida uma data para o retorno”.

A equipe também sustentou que houve aumento de casos de depressão, problemas de alimentação, de perda de rotina, de aprendizado e até crescimento de abusos físicos contra os pequenos no período de afastamento, além de grande impacto sobre alunos com deficiências. A secretária Liciane Furtado reforçou a intenção da prefeitura de voltar o mais brevemente possível e enfatizou o trabalho conjunto com a Secretaria de Educação.

Mariana Duarte, superintendente de Educação Infantil, participou da sessão representando a secretária, Eliane Araújo. Segundo Mariana, o protocolo estabelecido em novembro do ano passado entre as duas secretarias para o retorno não fixa uma data porque é necessário um entendimento com órgãos como os conselhos municipais da Educação, e dos Direitos da Criança e do Adolescente, além do Ministério Público.

Risco para professores e funcionários

“Precisamos atender aos critérios estabelecidos no Manual sobre Biosegurança, também da Sociedade Brasileira de Pediatria. E nessa linha, não são todas as escolas da cidade que têm condições de receber os alunos”, disse ela, reiterando a parceria com a Secretaria de Saúde, no esforço do retorno.

O presidente Cesinha (Pros) manifestou apoio, “desde que assegurados os devidos procedimentos sanitários”. Guto Garcia (PDT) defendeu a volta gradativa, com o ensino médio e fundamental em março, e a educação infantil em abril, e ainda em horário reduzido, sem merenda, para evitar as aglomerações nos refeitórios. Edson Chiquini (PSD) e Iza Vicente (Rede) lembraram do perigo para professores e funcionários em grupos de risco.

“As escolas públicas que visitei não têm a menor condição de voltar. Cobra-se das particulares que estejam prontas, mas a rede municipal não está”, afirmou Chiquini. Iza lembrou a dificuldade de se adquirir máscaras com um recorte específico para as crianças. Ela e Thales Coutinho (Podemos) defenderam a realização de uma audiência pública para debater o tema.

Allan Mansur (Cidadania) também lamentou a falta de tempo para a discussão e solicitou nova reunião entre os órgãos envolvidos. Cesinha concluiu frisando a importância de que as comissões permanentes de Educação e de Saúde do Legislativo participem de todas as discussões sobre o assunto.

Regime de urgência para proposições sobre a Covid

Mais cedo, os vereadores aprovaram, por unanimidade, os regimes de urgência para a tramitação do Projeto de Lei do Executivo 001/2021 e do Projeto de Lei do Legislativo 005/2021. O primeiro amplia o prazo de vida útil para veículos do transporte escolar, aliviando o impacto econômico que motoristas tiveram com a interrupção das aulas presenciais. O segundo, de Iza Vicente, cria o Portal da Transparência para a Vacinação contra o Covid-19.

Jornalista: Marcello Riella Benites

Libras
Acessibilidade com Libras

VLibras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Macaé pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras.

Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support